Whatsapp

(11) 9 9739-5404

Ligue para nós

(11) 2822-9612

Ligue para nós

(11) 2836-6065

Whatsapp

(11) 9 9739-5404

Ligue para nós

(11) 2822-9612

Desentupidora na vila mariana 98776-7059 / 99739-5404

Desentupidora na vila mariana 98776-7059 / 99739-5404

Está com problemas de entupimento? é simples, basta ligar para a desentupidora Sakay. Temos sede em São Paulo, Zona Sul, SP, com equipes próprias para realizar desentupimento na vila mariana, seja desentupimento na vila mariana de esgoto, desentupimento na vila mariana de ralo, desentupimento na vila mariana de vaso sanitário, desentupimento na vila mariana de pia, desentupimento na vila mariana de caixa de gordura, desentupimento na vila mariana de águas pluviais, entre outros. Conte com uma equipe de especialistas em desentupimento, que atendem especificamente a região da vila mariana, para resolver imediatamente. Entupiu? l. Desentupidora vila mariana – sp. desentupimento na vila mariana. Desentupidora na vila mariana. Desentupidora na vila mariana, sp, 24 horas. Conte com nosso atendimento na vila mariana todos os dias da semana. Entupiu? ligue desentupidora vila mariana  Desentupidora na vila mariana de esgoto, desentupidora na vila mariana de ralo, desentupidora na vila mariana de caixa de gordura, desentupidora na vila mariana de esgoto em geral. Desentupidora na vila mariana. Atendemos todos os bairros da vila mariana, e região. conte com nossa tradição na região. São 33 anos de preço justo e qualidade. Por que chamar a Desentupidora na vila Mariana ? Temos mais de 33 anos no mercado, com experiência em desentupimento na vila mariana. Possuímos maquinário próprio e específico , o que nos possibilita realizar um desentupimento na vila mariana com um melhor preço, além de termos sede própria na região, o que reduz o gasto com transporte e se transforma em condições ainda melhores para nossos clientes localizados na vila mariana. Qual é o horário de atendimento da desentupidora na vila mariana – ? O Horário de funcionamento da desentupidora na vila mariana, é de 24 horas, 07 dias por semana, isso porque existem entupimentos que impossibilitam o uso de qualquer tubulação de esgoto do imóvel, dessa forma, existem muitos desentupimentos na vila mariana que precisam ser desentupidos com urgência. Conte conosco para desentupimento na vila mariana 24 horas, ou com horário agendado. Temos uma agenda especial para a região da vila Mariana, SP zona sul. Regiões atendidas pela Desentupidora na vila mariana – sp (11)95813-7999 Whatsapp Desentupidora na vila mariana na bosque da saúde, Desentupidora na vila mariana chácara do castelo, Desentupidora na vila mariana conjuntos dos bancários, Desentupidora na vila mariana jardim aurélia, Desentupidora na vila mariana jardim da glória, Desentupidora na vila mariana jardim lutfalla, Desentupidora na vila mariana jardim vila mariana, Desentupidora na vila mariana paraíso, Desentupidora na vila mariana vila afonso celso, Desentupidora na vila mariana vila clementino, Desentupidora na vila mariana. Desentupimento em toda região da vila mariana. SP. Desentupidora na Vila Mariana – que tipo de desentupimento atendemos na vila mariana? Atendemos desentupimentos na vila mariana, em indústrias, comércios e residências. temos equipamento apropriado para desentupir qualquer tipo de entupimento, seja desentupimento na vila mariana residencial, comercial ou até desentupimento na vila mariana para indústrias; Desde o mais simples até o mais complexo desentupimento na vila mariana, com a  desentupidora na vila mariana você tem a solução. Desentupidora na Zona Leste SP Desentupidora Aricanduva Desentupidora Artur Alvim Desentupidora Cangaiba Desentupidora em Ermelino Matarazzo Desentupidora em Itaquera Desentupidora em São Miguel Desentupidora na Água Rasa Desentupidora na Cidade Líder Desentupidora na Mooca Desentupidora na Penha Desentupidora na Ponte Rasa Desentupidora na Vila Carrão Desentupidora na Vila Formosa Desentupidora na Vila Matilde Desentupidora na Vila Prudente Desentupidora na Zona Leste Desentupidora no Belenzinho Desentupidora no Itaim Paulista Desentupidora na vila mariana Hidrojateamento Seja Atendido já . Desentupidora na vila mariana sp – Seja Atendido já . Desentupidora em Americana Desentupidora em Bauru Desentupidora em BH Desentupidora em Caçapava Desentupidora em Campinas Desentupidora em Hortolândia Desentupidora em Indaiatuba Desentupidora em Itatiba Desentupidora em Jacareí Desentupidora em Jundiaí Desentupidora em Marília Desentupidora em Ourinhos Desentupidora em Paulínia Desentupidora em Presidente Prudente Desentupidora em Santa Barbara do Oeste Desentupidora em São José dos Campos Desentupidora em Sumaré Desentupidora em Taubaté Desentupidora em Valinhos Desentupidora na Zona Sul SP Seja Atendido já . Desentupidora Campo Grande Desentupidora em Moema Desentupidora em Santo Amaro Desentupidora Ibirapuera Desentupidora na Cidade Ademar Desentupidora na Granja Julieta Desentupidora na Saúde Desentupidora no planalto paulista Desentupidora na Vila Mariana Desentupidora na Vila Olímpia Desentupidora na Zona Sul Desentupidora no Brooklin SP Desentupidora no Campo Belo SP Desentupimento sp Desentupidora no Cursino Desentupidora no Ipiranga Desentupidora no Jabaquara Desentupidora no Jardim Europa Desentupidora no Morumbi Desentupidora na vila mariana Grande SP Seja Atendido. Desentupidora em Arujá Desentupidora em Atibaia Desentupidora em Barueri Desentupidora em vila mariana Desentupidora em Carapicuíba Desentupidora em Cotia Desentupidora em Guararema Desentupidora em Guarulhos Desentupidora em Itapevi Desentupidora em vila mariana Desentupidora em Jandira Desentupidora em Mogi das Cruzes Desentupidora em Osasco Desentupidora em São Paulo Desentupidora em Suzano SP Desentupidora em Taboão da Serra Desentupidora na Granja Viana Desentupidora na Zona Norte SP Desentupidora em Pirituba Desentupidora em Santana Desentupidora na Casa Verde Desentupidora na Freguesia do Ó Desentupidora na Vila Guilherme Desentupidora na Vila Maria Desentupidora na Vila Medeiros Desentupidora na Zona Norte Desentupidora no Bairro do Limão Desentupidora no Jaçanã Desentupidora no Mandaqui Desentupidora no Tremembé Desentupidora no Tucuruvi Desentupidora Parque Novo Mundo Desentupidora Parque São Domingos Desentupidora Vila Nova Cachoeirinha Desentupidora na Zona Oeste SP Seja Atendido já (11)5058-6000. Desentupidora em Perdizes Desentupidora em Pinheiros Desentupidora na Lapa Desentupidora na Pompeia Desentupidora na Vila Leopoldina Desentupidora na Vila Madalena Desentupidora na Zona Oeste Desentupidora no Alto de Pinheiros Desentupidora no Butantã Desentupidora no Itaim Bibi Desentupidora no Jaguaré Desentupidora no Jardim Paulista Desentupidora no Rio Pequeno Serviços de Desentupimentos Seja Atendido já (11)5058-6000. Desentupidora 24 Horas Desentupidora 24h Desentupidora de Esgoto Desentupidora de Pia Desentupidora de Ralos Desentupidora de Vaso Sanitário Desentupidora SP Desentupimento Desintupidora Empresa Desentupidora Mais Regiões Desentupidora no Litoral Desentupidora em Cubatão Desentupidora em Itanhaém Desentupidora em Mongaguá Desentupidora em Peruíbe Desentupidora em Praia Grande Desentupidora em Santos Desentupidora em São Vicente Desentupidora no Guarujá Desentupidora no Centro de SP Seja Atendido já (11)5058-6000. Desentupidora na Avenida Paulista Desentupidora na Barra Funda Desentupidora na Bela Vista Desentupidora na Consolação Desentupidora na Liberdade Desentupidora no Bom Retiro Desentupidora no Cambuci Desentupidora no Pari Desentupidora na Grande ABC Seja Atendido já (11)5058-6000. Desentupidora em Diadema Desentupidora em Mauá Desentupidora em Ribeirão Pires Desentupidora em Santo André Desentupidora em São Bernardo Desentupidora em São Caetano Desentupidora no ABC desentupidora em na são Paulo saúde sp Nossos diferenciais: preço justo e qualidade atendimento 24 horas na vila mariana Não pague uma fortuna em desentupidoras internacionais, chame a desentupidora local da vila mariana pagamento facilitado não temos reclamações no reclame aqui, procon, etc. respeitamos o Código de defesa do Consumidor Estamos Vila mariana, São Paulo, SP. Desentupidora na vila mariana. Desentupimento de esgoto na vila mariana
. Desentupidora de ralo na vila mariana, desentupidora de vaso sanitário, desentupidora de caixa de gordura na vila mariana, Desentupidora com atendimento imediato no bairro da vila mariana. Desentupimento na vila mariana com garantia e preço justo. Solicite orçamento de desentupimento na vila mariana sem compromisso e sem taxa de visita; Desentupidora na vila mariana – desentupimento na vila mariana  Desentupidora 24 horas Atendemos vila mariana e toda grande Sp. Desentupidora vila mariana
, Esta página cita fontes, mas estas não cobrem todo o conteúdo. Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) (Dezembro de 2019) Vila Mariana Distrito de Vila Mariana.jpg Área 8,60 km² População (36º) 130.484 hab. (2010) Densidade 131,34 hab/ha Renda média R$ 11.200,00 IDH 0,950 – muito elevado (7º) Subprefeitura Vila Mariana Região Administrativa Centro-Sul Área Geográfica Centro expandido Sp Vila Mariana.jpg Distritos de São Paulo São Paulo City flag.svg Vila Mariana é um distrito localizado na zona centro-sul do município de São Paulo. Tem como característica marcante ser uma região predominantemente de classe média com um perfil ora comercial, ora residencial. O distrito sedia a Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, a Escola Superior de Propaganda e Marketing, o Centro Universitário Assunção- UNIFAI e o Museu Lasar Segall, bem como alguns dos mais tradicionais colégios da cidade como o Colégio Bandeirantes, Colégio Benjamin Constant, Liceu Pasteur, Colégio Marista Arquidiocesano, Colégio Madre Cabrini e a Faculdade e Escola técnica SENAI – Anchieta. Abrange também cerca de 550 metros do lado ímpar da Avenida Paulista em seu trecho inicial, entre a Praça Osvaldo Cruz e a Avenida Brigadeiro Luís Antônio. O distrito é atendido pelas linhas 1-Azul e 2-Verde do Metrô de São Paulo, e pela linha 5-Lilás da ViaMobilidade. É um dos distritos com mais estações de metrô da cidade de São Paulo. Índice 1 História 2 Características 3 Pontos turísticos 4 Bairros 5 Localização geográfica 6 Distritos próximos 7 Ver também 8 Referências 9 Ligações externas História O governador Francisco da Cunha Menezes concedeu em 1782 uma sesmaria a Lázaro Rodrigues Piques, situando-se essas terras entre o ribeirão Ipiranga e a Estrada do Cursino, abrangendo o futuro bairro de Vila Mariana, outrora da Saúde; em torno de tal sesmaria surgiram muitas questões de terra. Originalmente foi chamado de Cruz das Almas – em virtude das cruzes colocadas no local por causa da morte de tropeiros por ladrões, na metade do século XIX, na continuação da “Estrada do Vergueiro” (atual Rua Vergueiro) aberta em 1864 por José Vergueiro e que era a nova estrada para Santos. Posteriormente passa a ser denominado de “Colônia” e finalmente de Vila Mariana, nome atribuído pelo coronel da guarda nacional Carlos Eduardo de Paula Petit, a partir da fusão dos nomes de sua esposa Maria e da mãe de sua esposa, Anna. Carlos Eduardo de Paula Petit, foi um dos homens mais importantes na Vila Mariana, foi eleito vereador e também atuou como juiz de paz. Entre 1883 e 1886 foi construída a estrada de ferro até Santo Amaro, partindo da rua São Joaquim, na Liberdade; seu construtor foi o engenheiro Alberto Kuhlmann e sua empresa se chamava Cia. Carris de Ferro de São Paulo a Santo Amaro. Essa linha férrea, cuja inauguração total até Santo Amaro deu-se em 1886, foi locada sobre o antigo Caminho do Carro para Santo Amaro, no trecho então conhecido como “Estrada do Fagundes”, no espigão; seguia, acompanhando ou sobreposta, o referido caminho do Carro. Com isso deu-se o fracionamento das chácaras existentes na região. Há uma versão aparentemente verdadeira de que a uma das estações, Kuhlmann deu o nome de sua esposa, Mariana, e tal denominação passou para o local e depois para todo o bairro, que antes se chamava “Mato Grosso”. Havia em 1856 a chácara do Sertório, cujas terras vieram mais tarde a formar o bairro do Paraíso. A chácara de João Sertório, situada entre as duas estradas para Santo Amaro, foi vendida para dona Alexandrina Maria de Moraes, que faleceu em 1886; seus herdeiros arruaram a propriedade e a Câmara Municipal aceitou esse arruamento, que veio ligar as ruas da Liberdade (antigo Caminho do Carro) e Santo Amaro (antigamente estrada para Santo Amaro). Aí surgiu um trecho do bairro do Paraíso, desde a rua Humaitá até a Abílio Soares, nascendo as ruas Pedroso, Maestro Cardim, Martiniano de Carvalho, Paraíso, Artur Prado e outras demais. No ano de 1887 começou a funcionar no bairro o Matadouro Municipal, fator que ajudou muito no povoamento de toda a região. Isso ajudou para a instalação das oficinas de Ferro Carril, na rua Domingos de Morais, e da fábrica de fósforos. Também foi criada a Escola Pública de Dona Maria Petit, na Rua Vergueiro. O local onde funcionou o Matadouro é atualmente a Cinemateca Brasileira. Fachada do Instituto Biológico. Por volta de 1891, José Antônio Coelho comprou a chamada “Chácara da Boa Vista”, na Vila Mariana, e a loteou, abrindo ruas que tiveram nomes como “Central”, “Garibaldi”, “dos Italianos” (hoje denominadas, respectivamente, Humberto I, Rio Grande e Álvaro Alvim) e deu o nome oficial de Vila Clementino, em homenagem ao Dr. Clementino de Souza e Castro. Em 1928 iniciou-se a construção do Instituto Biológico, concluída em 1945. Um de seus principais objetivos à época em que foi construída foi o controle de uma praga que infestava os cafezais. Mais tarde tal objetivo foi, segundo a organização do local, criar um instituto para a biologia “a exemplo do que foi o Instituto Oswaldo Cruz (no Rio de Janeiro) para a saúde do homem”. Em 1929, iniciou-se no bairro a construção de uma série de residências em estilo modernista, desenhadas pelo arquiteto Gregori Warchavchik; a mais notável é a Casa Modernista da Rua Santa Cruz, tombada pelo CONDEPHAAT em 1986.[1] Características A Vila Mariana pode ser considerada uma das regiões mais desenvolvidas da capital paulista, e isso comprova-se nos números. A renda média da região gira em torno de R$ 3600 mensais, quase o triplo da média municipal de cerca de R$ 1300. Vista de edifícios do Bairro do Paraíso. Na educação os dados tornam-se ainda mais explícitos. O Ensino Fundamental foi completado por quase 80% dos moradores, e 71,34% dos moradores da região completaram o Ensino Médio, contra as médias municipais de 49,9% e 33,68%, respectivamente. Os anos de estudo por pessoa chegam a 12,30 (a média da cidade é de 7,67 anos). Por fim, o analfabetismo é reduzido a apenas 1,10% dos mais de 120 mil moradores, enquanto na cidade, 4,88% da população é considerada analfabeta. No distrito encontram-se a Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), a Escola Superior de Propaganda e Marketing (mais conhecida como ESPM), a Escola de Belas Artes e a Faculdades Paulus de Tecnologia e Comunicação (FAPCOM), as maiores referências em ensino superior na região, que também conta com universidades não-específicas (UNIP, FMU, entre outras). Arte feita com lambe-lambe na Rua Domingos de Moraes, próximo a Avenida Sena Madureira. Em relação à área da saúde, existem o Hospital São Paulo e o Hospital do Servidor Público Estadual, um complexo hospitalar que responde por quase 40% dos atendimentos dos servidores públicos estaduais. Há também instituições para o tratamento de jovens e idosos, fator que contribui para a alta qualidade de vida do distrito. Na área de cardiologia há o hospital Dante Pazzanese. A região também sedia a Casa Hope, uma ONG dedicada a crianças com câncer. A economia da região é muito forte, não apenas pelo elevado nível de vida de seus moradores, mas também por abrigar o trecho inicial da Avenida Paulista, logradouro mais importante da cidade e centro financeiro do estado e do país. A região da ave
nida Paulista dos arredores da Estação Brigadeiro até a Estação Paraíso do Metrô pertence ao bairro do Paraíso. Pontos turísticos Parque Modernista Cinemateca Brasileira Casa das Rosas Avenida Paulista Bairros Vila Mariana Vila Clementino Chácara do Castelo Chácara Klabin / Jardim Vila Mariana Conjunto dos Bancários Jardim Aurélia Jardim da Glória Jardim Lutfalla Paraíso Vila Afonso Celso Bosque da Saúde (Parte) Localização geográfica Compass rose pale-50×50.png Jardim Paulista Bela Vista e Liberdade Cambuci vde Compass rose pale-50×50.png Moema North Ipiranga West Vila Mariana East South Moema Saúde Cursino Norte: Avenida Paulista. Praça Osvaldo Cruz, Avenida Bernardino de Campos, Rua do Paraíso, Rua Topázio, Rua Batista Cepelos, Rua José do Patrocínio, Rua Ximbó, Rua Batista Caetano e Rua Coronel Diogo. Leste: Avenida Doutor Ricardo Jafet. Sul: Rua Loefgren. Oeste: Avenida Rubem Berta, Avenida Ibirapuera, Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, Rua Doutor Amâncio de Carvalho, Viaduto e Rua Tutoia e Avenida Brigadeiro Luís Antônio. Distritos próximos A Vila Mariana é próxima de vários outros distritos importantes da cidade de São Paulo, os quais seguem na lista abaixo: Brás Sé Consolação Pinheiros Itaim Bibi Campo Belo Jabaquara Ipiranga Saúde Moema Sacomã Mooca Ver também Vila Mariana (bairro de São Paulo) Instituto Biológico Museu Belas Artes de São Paulo Avenida Paulista Lista de distritos de São Paulo População dos distritos de São Paulo (Censo 2010) Área territorial dos distritos de São Paulo (IBGE) Telecomunicações em São Paulo Referências Obra em SP ameaça vila tombada de casas modernistas históricas, diz morador Ligações externas O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Vila Mariana (distrito de São Paulo) Página da Prefeitura Regional de Vila Mariana Site do Bairro Vila Mariana
,Quem está de passagem pela Vila Mariana e repara apenas no aspecto residencial da subprefeitura, pode não imaginar a quantidade de espaços dedicados a esportes, cultura, pesquisa, saúde e educação que existem por ali. Região nobre da cidade, composta também pelos bairros de Moema e Saúde, a Vila Mariana possui uma alta renda média, em torno de R$ 3,6 mil mensais, bem acima do índice do município, que é cerca de R$ 1,3 mil. No bairro, os dados sobre educação são gritantes sobre seu desenvolvimento. Quase 80% dos moradores completaram o Ensino Fundamental, contra 49,9% do município. O Ensino Médio foi concluído por 71,34% da população, bem superior aos 33,68% da média municipal, e os anos de estudo chegam a 12,30. Em toda São Paulo, esse número pára em 7,67. Não à toa, a taxa de analfabetismo é reduzida, atingindo 1,10%, quatro vezes menor que os 4,88% da cidade. Talvez o espírito empreendedor que marcou o florescimento do bairro possa explicar o grau de qualidade de vida e a quantidade de equipamentos à disposição de seus moradores. “Em 1887, começa a funcionar no bairro o Matadouro Municipal, que o faz progredir. A população aumenta, as oficinas de Ferro Carril se instalam na rua Domingos de Moraes, como também a fábrica de fósforos e a Escola Pública de Dona Maria Petit, inaugurada na Rua Vergueiro”, escreveu em artigo o barbeiro Francisco Villano, o Seu Chiquinho, uma das figuras mais tradicionais do bairro, com 88 anos, ele mesmo filho de italiano. Prosperidade “Com a chegada de muitos imigrantes, o movimento aumentou muito e famílias inteiras vieram habitar as ruas já existentes e outras ruas foram abertas. Fábricas de cerâmica, armazéns, açougues, padarias, floriculturas, quitandas e um hotel surgiram”, relata Seu Chiquinho. Essa tradição de prosperidade revela-se, por exemplo, no Instituto Biológico, cuja construção começou em 1928 pelo governo do Estado e foi concluída em 1945. O advento do instituto se deu como resultado dos trabalhos desenvolvidos por uma comissão instituída para buscar o controle de uma praga que atingiu os cafezais na época. “A intenção era criar um instituto de biologia a exemplo do que foi o Instituto Oswaldo Cruz [no Rio de Janeiro] para a saúde do homem”, comenta o diretor da casa, Antônio Batista Filho. Muitas pesquisas Com o decorrer dos anos, o Instituto diversificou suas pesquisas também para o campo de pragas e doenças vegetais e animais. Dessa maneira, ressalta Batista Filho, o Instituto Biológico mantém-se em sintonia com o mundo moderno ao fornecer subsídios para uma das atividades mais lucrativas do país, o agronegócio. Também auxilia a Defesa Sanitária de São Paulo e o Ministério da Agricultura, produz antígenos para as campanhas contra a brucelose e tuberculose bovina, pesquisa o impacto de pesticidas e agrotóxicos no solo e alimentos transgênicos. Outra importante linha de pesquisa, que diz respeito diretamente ao cotidiano das pessoas, é sobre as “pragas urbanas”, como cupins, baratas e ratos. O que leva à proliferação desses vetores, explica a pesquisadora Ana Eugênia Campos Farinha, é o trinômio “alimento, água e abrigo”. É o que acontece com os ratos, contra os quais a Prefeitura começa a desenvolver um programa de controle. A principal maneira para reduzir a incidência deles, diz Ana Eugênia, é com a retirada efetiva do lixo. A população também pode contribuir nesse controle, evitando deixar restos no chão, como rações para cachorro. Para desenvolver esses estudos, o Instituto Biológico conta com 131 pesquisadores, dos quais 85 na Vila Mariana e o restante distribuído nas unidades de Descalvado e Bastos – ambas no interior do Estado -, e mais 200 estagiários, boa parte deles voluntários. Há também um museu, que mostra aos visitantes diversos aspectos das pragas animais e vegetais. Está lá, por exemplo, a reprodução de uma folha de árvore em tamanho gigante na qual se simula a ação de ácaros. Ciência no teatro A busca de conhecimento na Vila Mariana pode continuar pelo Teatro João Caetano, um patrimônio cultural com 52 anos de idade, que exibe um cardápio de cinco peças com temática científica, com destaque para a Dança do Universo, em cartaz aos sábados, às 21h00. As peças, que incluem o espetáculo Einstein, estão a cargo da Companhia Arte e Ciência no Palco. Neste ano, os espetáculos têm significado ainda mais especial, pois se comemora o Ano Mundial da Física, em razão dos 100 anos da Teoria da Relatividade, desenvolvida por Albert Einstein. O João Caetano é um simpático teatro, em tonalidades marrom e verde, cuja simplicidade parece aproximar-se da proposta dos teatros ingleses em sua origem, ou seja, de levarem cultura diretamente ao povo. Tem 438 lugares, palco italiano de oito metros por 12, sala para ensaio e curso de teatro. No jardim dos fundos, se encontra uma frondosa árvore da espécie Pau Ferro, plantada na época da construção, que é tratada como uma espécie de xodó pelos coordenadores do teatro. ”Os moradores freqüentam muito o teatro. E as companhias também adoram representar aqui por causa do espaço para ensaio e porque o acesso é muito fácil ao público devido ao Metrô”, comenta a coordenadora do João Caetano, Ciça Barbosa, lembrando que no inverno deste ano também foi promovida uma Campanha do Agasalho, na qual foram recolhidas 500 peças de roupa de boa qualidade, incluindo blasers e blusas de cashmere. Clube e hospitais Para quem gosta de esporte, uma ótima pedida é o Centro Esportivo Ibirapuera Mané Garrincha, na rua Pedro de Toledo, próximo à Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) e ao prédio do Tribunal de Contas do Município. O clube possui quatro salas com equipamentos de ginástica, piscinas, quadras de tênis e um ginásio poliesportivo, em que jogos de vôlei, futsal e basquete se alternam ao longo do dia. Também conta com um ateliê para aulas de pintura, inglês e espanhol e um parquinho para crianças feito em parceria com o Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), outra referência no bairro. O Mané Garrincha é aberto à população e encaminh
a os adolescentes mais aptos para o Centro Olímpico, instalado ao lado, que trabalha na formação de atletas profissionais. O Hospital do Servidor Público Estadual, administrado pelo Instituto de Assistência Médica do Servidor Público Estadual (Iamspe), é um megacomplexo hospitalar, responsável pelo atendimento de pelo menos 40% dos três milhões de servidores públicos estaduais, prestando 80 mil consultas ao mês e mais de mil cirurgias ao mês. A maior parte dos pacientes do Iamspe é formada por idosos, que chegam a 70% do contingente atendido. Dessa maneira, a instituição desenvolve ações como o Programa de Atendimento ao Idoso (PAI), em que se procura proporcionar bem estar físico e mental aos idosos com atividades que incluem uso de uma mini-panificadora e aulas de inglês, dança, alongamento e pintura. O espaço deixa os idosos tão à vontade que eles preparam até um sopão, como forma de colocar seus dotes culinários em prática. Outro foco é o público adolescente, que recebe atendimento de prevenção por meio do Grupo Especializado em Adolescência (GEA), voltado a prevenir o uso de drogas, a gravidez precoce e a obesidade, e dar informações a respeito do mercado de trabalho. O Iamspe desenvolve ainda o Programa Prevenir, em que uma equipe de profissionais da saúde vai até o local de trabalho dos funcionários públicos para encaminhá-los a exames preventivos, como já ocorreu na Febem e no Instituto Butantã. Também há programas para preparação do parto, de controle da diabetes, da hipertensão arterial, asma grave, alergia e diversas outras ocorrências. Outro hospital referência na Vila Mariana é o Dante Pazzanese, especializado em cardiologia, instalado num moderno prédio na área do Ibirapuera. Na esfera da solidariedade, o bairro sedia a Casa Hope, uma ONG dedicada à criança com câncer. Próximos à Casa Hope, estendendo-se pelos corredores das ruas Rio Grande, Álvaro Alvim e Joaquim Távora, encontram-se uma série de barzinhos, a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e a Escola de Belas Artes, que dão uma atmosfera universitária e jovial àquela parte do bairro. Transformações Dividindo-se entre o histórico e o moderno, as casas de vila e os prédios verticais de luxo, os antigos e contemporâneos institutos de educação, a Vila Mariana ainda preserva algumas curiosidades, como o marco centenário situado na esquina das ruas França Pinto com Domingos de Moraes, e que aponta a distância para Pinheiros e Santo Amaro. Descendo um pouco mais a França Pinto, chega-se à barbearia do Seu Chiquinho, aquele que acompanhou boa parte das transformações da Vila Mariana ao longo do século XX. “Na década de 20, quando passava um carro, a gente corria na janela pra ver, porque o resto eram charretes”, relembra Seu Chiquinho, que pegou ainda a fase em que os tropeiros atravessavam a rua Vergueiro em direção ao Porto de Santos. O barbeiro só corta o cabelo dos seus clientes ao som de música erudita. Seu Chiquinho contabiliza que, ao longo de 77 anos de profissão, foram 600 mil cortes de cabelo. “Pretendo trabalhar até os 100 anos, com saúde”, diz ele. Defronte à barbearia, no outro lado da calçada, está plantada há 100 anos uma árvore, da espécie Nogueira Canadense, para a qual Seu Chiquinho aponta com orgulho. Afinal, na rua, só ela tem mais tempo de história do que ele. História essa que exala até o antigo Matadouro Municipal, que funcionou de 1854 a 1927, e onde há 12 anos está instalada a Cinemateca Brasileira, numa área cedida pela Prefeitura. Dois dos três galpões foram reformados mantendo o estilo original do matadouro. Em um deles funciona a área de documentação, que inclui materiais privados, como os do cineasta Glauber Rocha, e uma biblioteca rica em títulos da área cinematográfica. O outro galpão foi aproveitado como sala de exibição, que preza por filmes e debates que estejam à margem do cinema comercial, mas que nem por isso radicalizem o aspecto alternativo. “É uma boa seleção de filmes, mas que não chega a ser filme búlgaro dos anos 40, o que traz uma boa freqüência”, explica o diretor-adjunto da Cinemateca, Lauro Ávila Pereira, calculando que de 2003 para 2004 a freqüência aumentou 40%. Para melhor atender ao público, o terceiro galpão está sendo restaurado, numa parceria com a Petrobras e o BNDES, para ser transformado em uma nova sala de cinema. Preservação São impressionantes o trabalho e os equipamentos para restauração e preservação dos filmes nacionais, que representa a principal tarefa da cinemateca. Assim, quatro depósitos climatizados armazenam 200 mil estojos de filmes. No setor de restauração, técnicos especializados manuseiam equipamentos de última geração, como uma Máquina Dixi, utilizada para digitalização de filme de películas. Numa das salas, está sendo restaurada toda a obra do cineasta Joaquim Pedro de Andrade, diretor de filmes como O Padre e a Moça, Macunaíma e Garrincha, Alegria do Povo. Tendo à frente o diretor-executivo Carlos Wendell de Magalhães, a cinemateca foi aprovada por profissionais da Alemanha para sediar, em abril do ano que vem, o Congresso da Federação Internacional de Arquivos de Filme, o primeiro a ser realizado no Brasil. Participa, ainda, do circuito da Mostra Internacional de São Paulo, e desenvolverá projetos direcionados a estudantes e professores – por meio do Cinema Escola – com capacidade para atender a 27 mil alunos. Não bastassem todos esses equipamentos, a Vila Mariana ainda tem o privilégio de sediar no seu território o Parque do Ibirapuera, passagem obrigatória de todo paulistano ou não que deseje desfrutar de lazer natural no meio da vida urbana da cidade. Aí, já é uma nova história…
 Um dos bairros mais tradicionais da zona sul de São Paulo possui uma história um tanto quanto “diferente”. O bairro tem sua história totalmente atrelada ao chamado “Matadouro Municipal do Bairro de Vila Mariana”, criado para sanar as necessidades de carne da população de São Paulo. A região foi escolhida por se tratar de um lugar longe do centro da cidade. Diz a lenda que o antigo matadouro municipal, que ficava no Rio Itororó, hoje avenida 23 de maio, chegava a ficar vermelho e contaminado por sangue e pedaço de animais. Tal situação levou o governo a pensar em uma saída que atendesse a todas as necessidades. Matadouro Vila Mariana Matadouro Vila Mariana Para deixar mais claro ainda que o problema precisava ser resolvido o quanto antes, um médico chamado Alfredo Ellis, através de um ofício, fez um longo estudo sobre a contaminação que o Matadouro do centro da cidade estava fazendo nos rios do centro da cidade. E a solução encontrada foi criar um novo “órgão” distante do centro de São Paulo. E toda a preparação da região passou pelas mãos de Alberto Kuhlmann, um engenheiro alemão que auxiliou na construção do edifício do matadouro e na consolidação de uma antiga ferrovia que auxiliasse no transporte dos animais até lá. O gado, que chegava pela ferrovia, ficava pastando onde hoje fica o Parque do Ibirapuera e, dessa forma, acabava não incomodando a população “rica” da cidade. A parada para o matadouro ficou conhecida como Mariana Mato Grosso, nome de sua esposa, que acabou batizando a comunidade e eternizando seu nome na história da cidade. Inaugurado e com suas atividades iniciadas no ano de 1887, o matadouro ficava no largo Senador Raul Cardoso e produzia 14 mil quilos diários de carne bovina para as 70 mil pessoas que compunham a população de São Paulo. O matadouro desempenharia sua macabra função até o ano de 1927. Após a parada dessa atividade, o edifício teria várias outras utilidades que acabariam interferindo em sua estrutura arquitetônica. Décadas depois o prédio acabaria se tornando um grande acervo cinematográfico da cidade. O local, que acabou tombado como patrimônio histórico da cidade e se tornou a Cinemateca Brasileira.O prédio, obviamente, passou por grandes modificações para que conseguisse ser ad
aptado e pudesse receber pessoas e salas de cinema. Cinemateca Brasileira Cinemateca Brasileira FacebookTwitterWhatsAppLinkedIn ← O Homem Que Combateu A Febre Amarela – A Trajetória de Emilio RibasA Estátua Que Demorou Mais de 30 Anos Para Ficar Pronta – O Monumento às Bandeiras → 10 thoughts on “O Bairro Que Nasceu Ao Redor do Matadouro – A Vila Mariana” Norberto Correia 7 de dezembro de 2016 em 19:38 Permalink Senhores(as) O texto sobre o antigo “Matadouro de São Paulo” é muito interessante, instrutivo e complementa informações que tenho da região por estudos particulares meus. Ouvidos pessoalmente de relatos de idosos que já se foram e comigo deixaram um pouco da história do local. Apenas faço uma observação sobre a adjetivação “população rica da cidade”. Porque esse grifo? Alimentava a população rica , pobre e mais ou menos. Ali nesse tempo também pastavam cavalos que atrelados nas madrugadas levavam o pão e o leite matinal a TODA população daquela parte da cidade. Qual o problema em ser rico? Porque o tom sarcástico? Acrescento também a passagem “função macabra”. Se o autor não sabe essa função existe até hoje e está presente no seu pratinho todos os dias. Desculpem o comentário mas essa atual birra de classes no país JÁ ENCHEU. Boas festas a todos e parabéns pelo trabalho. Abraços Resposta Cesar Monteiro 9 de fevereiro de 2019 em 08:26 Permalink Sr. Norberto Correia, pelo visto você deve ser uma pessoa instruída, certo? Não mora, nem nunca morou, em favela. Esse negócio de “birra” de classes, não é coisa de brasileiro nem mimimi. O nome disso é “Consciência de classe”. Provavelmente você sabe disso, mas ignora esse tipo de ideia exatamente por pertencer a uma classe mais privilegiada. Sendo assim, a resposta a sua pergunta é simples: o problema não é ser rico, isso que está difícil de colocar na cabeça das pessoas, o problema é “a que custo ser rico?”. É uma questão de ética e de atitude. Enriquecer as custas da miséria alheia é o problema. Enriquecer trabalhando contra a classe menos favorecida é errado. O que encheu o saco, na verdade, é rico se magoando quando se fala em consciência de classe. Sabe por quê? Porque alguma coisa ele deve ter a esconder. Por fim, você não entendeu o asterisco em “ricos”. Por favor, leia novamente. Abraço. Resposta Simone 13 de agosto de 2019 em 22:52 Permalink Realmente essa suposta “luta de classes” já cansou. E não sou rica e nem tenho nada a esconder. Resposta Eros 6 de novembro de 2019 em 05:17 Permalink Sou pobre e faço ecos ao que o colega (sendo rico ou não) ali em cima falou: essa babaquice de lutas de classe já deu. Enquanto nos unirmos como Nação e pararmos com esse chororô interminável (dívida histórica? Ai meu Deus, para, né?) nunca evoluiremos e continuaremos “marcando passo”, sem sair do lugar. Ou seja, já deu com esse papinho… Resposta Edson Cazão 12 de fevereiro de 2020 em 23:08 Permalink Esse Matadouro ñ fica na Vila Clementino onde passava o bonde 47 Vila Clementino? Resposta MARIO LEAL FILHO 2 de novembro de 2017 em 22:22 Permalink A Vila Mariana tem muitas histórias interessantes. Seria importante ter reuniões periódicas na biblioteca Viriato Correa ou na Cinemateca de pessoas interessadas em contribuir com fotos e documentos para um melhor conhecimento do passado. Considero importante o engajamento da nossa rede escolar estimular a pesquisa da sua evolução. Resposta walter marcelli 12 de janeiro de 2018 em 11:43 Permalink bom dia……adorei a reportagem……..nasci em 1951 e morei alguns anos no Largo do Matadouro…… Muitas recordacoes…………indlusive dis bondinhos que passavam por ai. Resposta Jay K 10 de abril de 2019 em 12:18 Permalink O Condephat considerou à época do tombamento, a arquitetura do Matadouro e tambem a Praça Sen. Raul Cardoso, que mantinha as características urbanisticas(piso em paralelepípedo) da época. Qual não foi a minha surpresa, em 2012 houve uma reforma da referida praça com o soterramento com capa asfáltica!!!! um absurdo!! .. Resposta Rafael 29 de julho de 2019 em 03:48 Permalink “Após a parada dessa atividade, o edifício teria várias outras utilidades que acabariam interferindo em sua estrutura arquitetônica”. A reportagem poderia esclarecer quais foram essas outras atividades. Alguém sabe quais foram essas outras atividades entre o fim do matadouro e a Cinemateca? Resposta marli Ribeiro Wiechers Serrão 16 de julho de 2020 em 17:04 Permalink Um dia eu sentei ao lado de um senhor, no ônibus, que me perguntou se eu sabia a razão da rua se chamar Rua Santa Cruz (estávamos passando por ela), no bairro de Vila Mariana e começou a contar sobre o assassinato de uma mulher pelo seu marido que achara que fora traído e … aí … chegou o ponto de descida dele … e eu fiquei sem o resto da história. Alguém saberia terminar?! É que essas histórias de mulheres supostamente traidoras mortas por homens me deixam indignada e queria saber o resto. Por que o nome de Rua de Santa Cruz? Foi provada a inocência dela e a culpa do carrasco? Resposta Deixe uma resposta
Conheça a história da Vila Mariana e saiba porque este bairro é tão amado Redação | 13/09/2019 18:07 A Vila Mariana é um dos bairros mais tradicionais da cidade de São Paulo. Quem procura por uma vida noturna agitada, mas também não abre mão de um refúgio tranquilo após um longo dia de trabalho, escolhe a Vila Mariana para encontrar imóveis à venda. Se você está procurando por apartamentos studios na Chácara Klabin ou apartamentos nesta região, continue lendo nosso post. Sobre a região O bairro da Vila Mariana nem sempre se chamou assim. Antigamente conhecida apenas por “Vila” ou “Cruz das Almas”, em função de cruzes que foram colocadas em uma de suas ruas principais para lembrar um homicídio, a Vila Mariana desenvolveu-se ao redor do “Matadouro Municipal do Bairro de Vila Mariana”. Com atividades iniciadas em 1887, o matadouro produzia diariamente 14 mil kg de carne bovina para as 70 mil pessoas que compunham a população de São Paulo. A região para instalação do matadouro foi escolhida por ser um local relativamente longe do centro. A região que compreende os bairros da Vila Mariana, Paraíso, Aclimação e Bela Vista é formada por imóveis residenciais que em 87% das vezes são apartamentos. Os solteiros representam 36% dos residentes dessa região, o que faz os apartamentos studios sejam muitas vezes a melhor opção de moradia. Atrativos da região Mas o que faz a Vila Mariana tão atrativa nos dias de hoje? Além da ampla oferta de apartamentos em SP, a região é procurada por possuir boa mobilidade e também opções de lazer, comércio e escolas. Confira alguns números aproximados: ● 1471 lanchonetes ● 821 restaurantes ● 275 hospitais e prontos socorros ● 218 mini mercados ● 175 bombonieres ● 163 bancos ● 156 escolas ● 120 hotéis ● 117 fast-foods ● 114 farmácias Boa construtora é essencial para encontrar bons apartamentos à venda na Vila Mariana Se você procura por bons apartamentos à venda na Vila Mariana, é fundamental analisar a reputação das construtoras. Converse com outros clientes e procure por referências nas redes sociais. Dessa forma, você terá informações de pessoas que já compraram os apartamentos e podem opinar com propriedade sobre qualidade de acabamentos e estrutura. Visitar o bairro em diferentes horários e dias, também é uma boa forma de saber se a dinâmica do bairro atende às suas expectativas e também a de sua família. O apartamento studio é uma ótima opção para casais e solteiros. Com espaço inteligente, esses apartamentos unem funcionalidade e arquitetura impecável – ideais para àqueles que não passam muito tempo em casa e procuram por empreendimentos com facilidades como serviços de lavanderia, academias etc. MAIS LIDAS DO DIA José Acioly da Silva Filho Suspeito de matar professor de Teatro da Ufal é preso em Maceió José Acioly da Silva Filho Polícia pre
nde mais um envolvido na morte de professor de Teatro da Ufal; confira o caso Filho de militar é morto em Maceió Filho de militar é morto a pedradas em beco no bairro do Feitosa, em Maceió DEIXE SEU COMENTÁRIO Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
 Sobre a Vila Clementino História do bairro: Ao contrário da maioria das regiões da cidade de São Paulo, o bairro da Vila Clementino nasceu ao redor do matadouro municipal e não ao redor de uma igreja. O matadouro, que antes ficava no rio Itororó – onde hoje passa a famosa avenida 23 de Maio – teve um novo lugar escolhido para sua instalação em 1887 com o objetivo de acabar com a poluição do rio e o mal cheiro causado pelo abate dos animais. Lugar este que hoje é a Vila Clementino. O matadouro permaneceu lá por 40 anos e hoje dá lugar a Cinemateca Brasileira, um dos principais pontos de cultura da cidade, já que possui um enorme acervo audiovisual com documentos, fotografias e outras coisas além de ser considerado e tombado como um patrimônio histórico de São Paulo. No ano de 1892, José Antônio Coelho comprou a região denominada “Chácara da Boa Vista” e a loteou, abrindo ruas e vilas. O nome “Vila Clementino” foi dado pelo mesmo comprador, buscando homenagear o Dr. Clementino de Souza e Castro que foi Promotor Público, Juiz, Ministro do Tribunal de Justiça de São Paulo e Presidente do Conselho da Intendência da Cidade de São Paulo (que equivale ao cargo de prefeito nos dias de hoje). Localização O bairro está situado na zona sul de São Paulo, faz parte da subprefeitura da Vila Mariana e fica próximo a bairros como Paraíso, Vila Mariana, Mirandópolis, Indianópolis e Moema. Além de ficar próximo também a um dos principais parques da cidade, o Parque Ibirapuera (Uma ótima opção de lazer próximo ao bairro). Lazer e comércios Como citamos acima, um dos principais pontos de lazer bem próximo ao bairro é o parque Ibirapuera. Ótimo para a prática de esportes livres e coletivos, levar seu cachorro para passear ou relaxar e curtir um belo dia ensolarado. No bairro é possível visitar a Cinemateca, – também citado acima – e usufruir de diversos estabelecimentos comerciais que entregam desde ótimos pratos para almoço ou jantar, sobremesas como sorvetes artesanais e donuts, cafés e muitos tipos de serviço como mecânica, troca de óleo, bicicletaria e muito mais. Para quem é do esporte também vale conhecer o Crossfit Villa 1378, um dos parceiros da Triibo. E falando em ótimos pratos para apreciar, um dos pratos mais famosos e históricos da cidade de São Paulo fica instalado na Vila Clementino: a sopa de cebola do Ceasa. Quem da época de 1970 até 1990 – até um pouco mais – não conhece essa sopa que fazia formar filas imensas na porta do restaurante do Ceasa, hoje Ceagesp? Pois é, ainda é possível garantir o mesmo prato, com a mesma receita e qualidade de antigamente, indo até o local ou pedindo pelo aplicativo. Com muitos outros lugares para conhecer e aproveitar, também devido a sua localização “estratégica”, que acabou sendo rodeado por outros grandes bairros da cidade, Vila Clementino é um dos lugares mais apreciados por moradores da região e um dos mais famosos de São Paulo. Se ainda não conhece, venha conhecer este bairro com tanta história e cultura. Dessa forma, a Desentupidora na Vila Mariana vem se destacando na cidade por oferecer um dos melhores preços. Além disso, trabalhamos também com uma enorme rapidez, qualidade, agilidade, eficiência e especialmente garantia em nossos serviços. Portanto, visamos principalmente um atendimento de excelência, que proporcione a solução dos problemas em sua residência ou indústria com uma equipe de colaboradores que possui treinamentos periódicos em serviços de desentupimento. Ou seja, temos um grupo de trabalho repleto de indivíduos capacitados a fim de que não haja nenhum dano em pisos, paredes e que finalmente a questão seja solucionada. Vale ressaltar que  Desentupidora na Vila Mariana é uma prestadora de serviços especializada nas seguintes questões de desentupimento: Raspagem de encanamento entupido; Desentupimento de pias e ralos – cozinhas, áreas de serviço, lavabos e banheiros; Desentupimento de vasos sanitários; Desentupimento de caixas de gordura; Desentupimento de caixas de esgoto; Desentupimento de colunas; Desentupimento de fossas sépticas. Deste modo, nós somos capacitados para resolver qualquer tipo de problemas com entupimento, por isso, o serviço é realizado de forma rápida e prática, atendendo suas necessidades. Assim, é interessante evidenciar que também disponibilizamos serviços relacionados à construção, higienização e manutenção: Limpa fossa; Limpeza e manutenção de fossa; Manutenção preventiva em redes de esgoto de águas fluviais. Sendo assim, falando um pouco a respeito dos serviços associados às fossas, precisamos citar que todos os nossos equipamentos de fossa são eficientes e seguem todas as normas de segurança do trabalho. Acreditamos que a seriedade, responsabilidade e acima de tudo, experiência, são de extrema relevância em um serviço como este que a Desentupidora em Vila Mariana disponibiliza. RESIDÊNCIAS EMPRESAS INDUSTRIAIS CONDOMÍNIOS Por fim, é essencial salientar que fornecemos um atendimento 24 horas com o intuito de solucionar o problema em que você se encontra o mais rápido possível. Assim, tenha em mente que trabalhamos com profissionais notáveis na área de desentupir, isto é, técnicos especializados e treinados com equipamentos e máquinas roto rooter e cabos de molas flexíveis apropriadas para a realização do melhor trabalho. Oferecemos atendimento rápido e de qualidade para solucionar qualquer tipo de emergência na área do desentupimento, então, conte conosco para desentupir encanamentos de esgoto e tubulações em Vila Mariana. A Desentupidoré especializada em desobstrução das sujeiras do encanamento que impede a água de passar normalmente pela tubulação. Dessa forma, nossos serviços contam com um planejamento detalhado e uma execução cuidadosa, evitando danificar a estrutura que já existe. Solicite um orçamento grátis a qualquer momento que precisar! Conheça nossos outros serviços: Desentupimento de pias e ralos em Vila Mariana Desentupimento de canos em Vila Mariana Desentupimento de tanques em Vila Mariana Desentupimento de Caixa de Esgoto em Vila Mariana Limpeza de Fossa em Vila Mariana Limpa Fossa em Vila Mariana Desentupimento – 24 horas por dia – 7 dias por semana Tags CONSTRUÇÃO DE FOSSA (2) CONSTRUÇÃO DE FOSSAS EM ATIBAIA (1) DESENTUPIDOR (1) DESENTUPIDORA (38) DESENTUPIDORA EM ALPHAVILLE (1) DESENTUPIDORA EM ARAÇARIGUAMA (1) DESENTUPIDORA EM BARUERI (1) DESENTUPIDORA EM BONFIGLIOLI (1) DESENTUPIDORA EM BUTANTÃ (1) DESENTUPIDORA EM CARAPICUÍBA (1) DESENTUPIDORA EM COTIA (1) DESENTUPIDORA EM EMBU DAS ARTES (1) DESENTUPIDORA EM EMBU GUAÇU (1) DESENTUPIDORA EM GRANJA VIANA (1) DESENTUPIDORA EM ITANHAÉM (1) DESENTUPIDORA EM ITAPECERICA DA SERRA (1) DESENTUPIDORA EM ITAPEVI (1) DESENTUPIDORA EM ITARIRI (1) DESENTUPIDORA EM JANDIRA (1) DESENTUPIDORA EM MOEMA (1) DESENTUPIDORA EM MONGAGUÁ (1) DESENTUPIDORA EM OSASCO (1) DESENTUPIDORA EM PERUIBE (1) DESENTUPIDORA EM PINHEIROS (1) DESENTUPIDORA EM PIRAPORA DO BOM JESUS (1) DESENTUPIDORA EM SANTOS (1) DESENTUPIDORA EM SÃO ROQUE (1) DESENTUPIDORA EM TABOÃO DA SERRA (1) DESENTUPIDORA EM VARGEM GRANDE PAULISTA (1) DESENTUPIDORA GUARAU PERUIBE (1) DESENTUPIDORA NA VILA MARIANA (1) DESENTUPIDORA NA VILA SONIA (1) DESENTUPIDORA NO MORUMBI (1) DESENTUPIMENTO (3) LIMPA FOSSA (12) LIMPA FOSSA EM COTIA (1) LIMPA FOSSA EM EMBU DAS ARTES (1) LIMPA FOSSA EM GRANJA VIANA (1) LIMPA FOSSA EM JUQUITIBA (1) LIMPA FOSSA EM VARGEM GRANDE PAULISTA (1) LIMPA FOSSA ITAPECERICA DA SERRA (1) LIMPEZA DE FOSSA (4) LIMPEZA DE FO
SSA CARAPICUÍBA (1) LIMPEZA DE FOSSA EM SÃO LOURENÇO DA SERRA (1) LIMPEZA DE FOSSA EM TABOÃO DA SERRA (1)

Está gostando de nossos artigos, compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
  •  Rua Glauco Velasques, 285, Casa Verde
  •  (11) 2822-9612
  •  (11) 2836-6065
  •  (11) 98776-7059
  •  (11) 9 9739-5404
  •  Rua H, 38, Parque Vera CRUZ
  •  (12) 3674-3511
  •  (12) 99149-0615
  •  (11)98776-7059

Projetos realizados

%d blogueiros gostam disto: