Whatsapp

(11) 9 9739-5404

Ligue para nós

(11) 2822-9612

Ligue para nós

(11) 2836-6065

Whatsapp

(11) 9 9739-5404

Ligue para nós

(11) 2822-9612

Desentupidora em GUARULHOS 98776-7059

Desentupidora em GUARULHOS 98776-7059

Guarulhos é um município da Região Metropolitana de São Paulo, no estado de São Paulo, no Brasil. É a segunda cidade mais populosa do estado, a 13ª mais populosa do Brasil e a 53ª mais populosa do continente americano, com 1 392 121 habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 1.º de julho de 2020.[3] Guarulhos foi fundada em 8 de dezembro de 1560, pelo padre jesuíta Manuel de Paiva, com a denominação de Nossa Senhora da Conceição. Sua origem está ligada à de cinco outros povoamentos que tinham, como principal objetivo, defender o povoado de São Paulo dos Campos de Piratininga contra um possível ataque dos Tamoios. É a cidade não capital de estado mais populosa do Brasil e é considerada a 12ª cidade mais rica do Brasil. Em 2016, registrou um Produto Interno Bruto (PIB) na ordem de 53,9 bilhões de reais, o que representou mais de 1% de todo PIB brasileiro na época.[6] além de deter o 4º maior produto interno bruto (PIB) de seu estado e o 12º maior do país.[6] Índice 1 Etimologia 2 História 2.1 Colonização e emancipação 2.2 Século XX 3 Geografia 3.1 Parques e áreas verdes 3.2 Clima 4 Demografia 4.1 Censo em 2010 4.2 Religião 5 Subdivisões 6 Economia 7 Infraestrutura 7.1 Segurança pública e criminalidade 7.2 Saúde 7.3 Transportes 7.3.1 Rodovias 7.3.2 Ferrovias 7.4 Educação 7.5 Comunicações 8 Cultura 8.1 Centro culturais 8.2 Esportes 9 Ver também 10 Referências 11 Ligações externas Etimologia Segundo José de Alcântara Machado de Oliveira, o nome da cidade decorre da denominação dos indígenas que habitavam a região, os guaramomis ou maramomis, que eram um ramo dos guaianás. O nome do aldeamento indígena fundado em 1595 que deu origem à cidade era “Conceição dos Guarulhos”, em referência a Nossa Senhora da Conceição.[7] História Ver artigo principal: História de Guarulhos Colonização e emancipação No dia 8 de dezembro de 1560, o jesuíta Manuel de Paiva funda, nas margens do Rio Tietê, no local hoje ocupado pela cidade, o Aldeamento de Nossa Senhora da Conceição dos Guarus, que dará origem à cidade. O povoado foi fundado para a catequese dos índios guarus, da tribo dos guaianases, e para a defesa da vila de São Paulo dos Campos de Piratininga contra um possível ataque dos índios tamoios. No final do século XVI e no século XVII, houve a mineração de ouro no atual norte de Guarulhos, após a descoberta de minas de ouro na região onde atualmente é o bairro de Lavras, em 1590, por Afonso Sardinha. A mineração usava a mão-de-obra de índios escravizados e traz crescimento ao aldeamento. Com o declínio da mineração do ouro, a região de Guarulhos passou a ser ocupada por pequenas fazendas, onde criavam-se gado bovino e cavalos e plantava-se algodão, trigo e cana-de-açúcar, utilizando-se inicialmente a mão de obra escrava indígena e depois com mão de obra escrava negra, principalmente os de origem sudanesa. No entanto, a agricultura sofreu com o clima úmido e frio, que acarretou em doenças nas plantas. As fazendas também sofriam com outros problemas, como enchentes e arraste de pontes na época úmida. Já no século XIX, veio a produção de tijolos ao longo das várzeas dos rios Tietê, Cabuçu de Cima e Baquirivu-Guaçu, surgindo centenas de olarias na cidade. Com a introdução do tijolo como material de construção na cidade de São Paulo, em substituição à taipa de pilão, as olarias guarulhenses passaram a fornecer tijolos para a capital. Algumas das principais ruas do centro atual eram, no passado, ocupadas por olarias. Em 1880, Guarulhos foi emancipada de São Paulo, com o nome de Nossa Senhora da Conceição dos Guarulhos. O nome atual só foi adotado após a promulgação da Lei nº 1 021, de 6 de novembro de 1906.[8][9][10][11] Século XX O início do século XX foi marcado pela chegada da ferrovia e da energia elétrica (Light & Power), pelos pedidos para instalação da rede telefônica, licenças para implantação de indústrias, de atividades comerciais e pelos serviços de transporte de passageiros. Em 1915 Guarulhos recebe o Ramal Guapira – Guarulhos, do Tramway da Cantareira, possibilitando o escoamento de madeira, pedra e tijolos, fabricados em diversas olarias da região e amplamente utilizados na construção civil na capital. A cidade ganhou cinco estações: Vila Galvão, Torres Tibagy, Gopoúva, Vila Augusta e Guarulhos, além do prolongamento até a Base Aérea, em Cumbica. A década de 1930 foi marcada pelos atos de Intervenção Federal, Constituição da Junta Governativa de Guarulhos e pelo Movimento Constitucionalista (reflexos da Revolução de 1930, fim da República Velha). Em 1940, foi inaugurada a Biblioteca Pública Municipal. Em 1941, o primeiro Centro de Saúde da cidade. Dez anos após, inaugurou-se a Santa Casa de Misericórdia de Guarulhos. Em 1945, a Base Aérea de São Paulo (BASP) foi transferida do Campo de Marte, em São Paulo, para o bairro de Cumbica.[carece de fontes] Na década de 1950, chegaram, ao município indústrias dos setores elétrico, metalúrgico, plástico, alimentício, além das de borracha, calçados, peças para automóveis, relógios e couros. Nesta década, a inauguração das Rodovias Presidente Dutra e Fernão Dias aproximou pessoas e mercadorias da cidade. Guarulhos se viu unida a São Paulo, no momento histórico de aceleração industrial, e ao Rio de Janeiro, então capital federal e centro de decisões políticas e econômicas, gerando, portanto, um impulso para instalação de indústrias nos trechos das rodovias que passam pelo município. Nos seus ‘anos dourados’, Guarulhos também ganhou um Rotary Club e realizou a 1° Feira da Indústria e Comércio da cidade, no Parque Ibirapuera, em São Paulo. A fase dos anos 1960 e 1970 foi marcada pela estruturação de atividades industriais, que em grande medida pautaram os caminhos da migração para São Paulo. Em 1963 foi fundada a Associação Comercial e Industrial de Guarulhos, hoje, Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos (ACE). Em 20 de janeiro de 1985, foi inaugurado o Aeroporto Internacional de São Paulo, que em 2001 recebeu o nome oficial de Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos – Governador André Franco Montoro. Em 2012 foi concedido à iniciativa privada, quando recebeu a marca GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo.[9][10][12] Geografia Vista da Serra da Cantareira da torre de controle de Cumbica. O relevo guarulhense encontra-se sob o domínio do Planalto Atlântico, onde podemos verificar os seguintes tipos de relevo: várzeas, planícies aluviais, colinas, morros e serras. Sua área está inserida na Serra da Mantiqueira.[carece de fontes] A Serra da Cantareira estende-se ao longo dos limites com Mairiporã, Nazaré Paulista e Santa Isabel, com nomes locais de Serra da Pirucaia, do Bananal, de Itaberaba ou Gil.[carece de fontes] O município de Guarulhos apresenta um clima tropical de altitude, com temperatura média anual entre 17 e 21 graus Celsius e geada esporádica em alguns lugares durante o inverno. A umidade relativa do ar média anual é de 81,1% e a precipitação pluviométrica é de 1470 mm. Ventos dominantes: SE – NO – E – O. (dados cedidos pelo Ministério da Aeronáutica – Divisão de Meteorologia).[carece de fontes] Por sua condição geográfica e climática, Guarulhos apresentava uma cobertura vegetal primitiva nativa representada pela Mata Atlântica, também denominada Floresta Cantareira e, pela Mata Planaltina ou de Transição. Com a expansão populacional e industrial essa cobertura sofreu grande desgaste.[carece de fontes] Panorama da cidade de Guarulhos Parques e áreas verdes Bosque Maia. Lago de Vila Galvão. Existem atualmente em Guarulhos vários polos de fauna e flora, dentre os quais merecem maior destaque: Parque Estadual Cantareira (Núcleo Cabuçu), também conhecido por Reserva Estadual da Cantareira, que conta com aproximadamente 2 550 hectares; o Bosque Maia, localizado no distrito Maia (no bairro Jardim Maia), é
o maior parque urbano de Guarulhos; Parque Júlio Fracalanza, localizado no bairro da Vila Augusta, é um importante parque de vizinhança da região e possui a Cidade Mirim, onde crianças aprendem com monitores especializados as regras e sinais de trânsito e aprendem a praticar a cidadania. O Lago dos Patos ou Lago de Vila Galvão, localizado no bairro da Vila Galvão, o espaço possui 20 mil metros quadrados de água doce e área verde. O Parque Chico Mendes, localizado no bairro Vila Isabel no distrito de Pimentas, é a única área verde de importância da região. O espaço também abriga um Centro de Educação Ambiental, sanitários, quadra de esportes, campo de futebol, pista de skate, parquinho, mesas e bancos, quiosques, trilhas na mata e espaço para fabricação de adubo orgânico; Parque Bom Clima / JB Maciel, localizado no bairro Bom Clima, ao lado do Paço Municipal e o Parque da Saúde, no bairro Gopoúva, instalado em uma área de 15 mil metros quadrados doada pela Fundação para o Remédio Popular (FURP).[carece de fontes] Clima Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período entre de 1983 a 2014, a menor temperatura registrada em Guarulhos foi de −0,3 °C em 6 de julho de 1997,[13] e a maior atingiu 37,5 °C em 15 de outubro de 2014.[14] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 140 mm em 16 de janeiro de 1991. Outros grandes acumulados foram 131 mm em 1° de fevereiro de 1995, 127,5 mm em 17 de dezembro de 2000, 121,4 mm em 11 de fevereiro de 1999, 112,2 mm em 26 de janeiro de 1987, 109,4 mm em 25 de maio de 2005, 108,9 mm em 1° de março de 2011, 101,7 mm em 29 de dezembro de 1995, 101,6 mm em 9 de setembro de 2009 e 101,4 mm em 11 de janeiro de 2011.[15] O clima é do tipo Cwa (tropical de altitude com inverno seco), de acordo com Köppen.[16] [Esconder]Dados climatológicos para Guarulhos Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano Temperatura máxima recorde (°C) 36,4 36,5 35 33 31,6 31,2 30,8 33,6 35,9 37,5 36 36 37,5 Temperatura máxima média (°C) 29,2 29,4 28,5 26,9 23,9 23 22,8 24,5 24,8 26,6 27,6 28,4 26,3 Temperatura média compensada (°C) 23,4 23,5 22,8 21,3 18,5 17,1 16,6 17,8 18,8 20,4 21,5 22,5 20,4 Temperatura mínima média (°C) 19,1 19,2 18,6 17,1 14,3 12,5 12 12,7 14,1 15,8 16,9 18,1 15,9 Temperatura mínima recorde (°C) 13,3 14 11,7 7,4 5 1,6 2,4 2,8 3,8 8,5 10,5 12,5 1,6 Precipitação (mm) 269,1 224,9 203,9 86,6 79 41,7 48,5 32,1 88,9 122,5 134,8 226,8 1 558,8 Dias com precipitação (≥ 1 mm) 16 14 14 7 7 4 4 3 7 9 10 15 110 Umidade relativa compensada (%) 75,4 75,5 75,5 74,6 75,9 75,4 74,1 69,9 72,6 73,7 73 75 74,2 Horas de sol 141,1 136,6 156,1 162,1 157,5 155,2 162 169,9 127,2 138,2 145,2 139,5 1 790,6 Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (normal climatológica de 1981-2010;[13] recordes de temperatura: 01/07/1983 a 30/11/2014)[14][17] Demografia Região central de Guarulhos Vista do distrito de Gopoúva. Catedral Nossa Senhora da Conceição. Censo em 2010 População residente: 1 221 979[18] Urbana: 1 221 979 Rural: 0 Homens: 595 043 Mulheres: 626 936 Densidade Demográfica (hab./km²): 3 828,36 Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,88 IDH-M Renda: 0,746[19] População estimada em 2020 1 392 121[3] Cor/Raça Porcentagem Brancos 53,5% Negros 6,3% Pardos 38,8% Amarelos 1,3% Indígenas 0,1% Fonte: Censo 2010 Religião Segundo o Censo de 2010, os católicos representam 48 por cento da população, seguido pelos protestantes de várias denominações (33 por cento) e espíritas (3 por cento). Outras religiões representam 16 por cento da população. A igreja mais antiga do município é a Catedral Nossa Senhora da Conceição, edificada em 1560, ano da fundação do município, sendo a sede da Diocese de Guarulhos, criada em 1981. Subdivisões Ver também: Lista de bairros de Guarulhos O município de Guarulhos é divido em 46 bairros[20] mais o Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos. Estes, por sua vez, são subdivididos em 535 bairros.[21][22] Divisão administrativa de Guarulhos Economia Calçadão da Rua Dom Pedro II, no Centro Caesar Park Hotel, ao lado do Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos. Atividades econômicas em Guarulhos (2012)[23] A Economia de Guarulhos começou no período colonial, em 1597 por Afonso Sardinha com a mineração de Ouro na região das Lavras Velhas do Geraldo ou Catas Velhas onde hoje é conhecida apenas como bairro das Lavras. Esse período do ciclo do ouro em Guarulhos durou mais de 200 anos. Com o fim da exploração aurífera, vieram, depois, os ciclos do Tijolo ao longo das várzeas dos rios Tietê, Cabuçu e Baquirivu-guaçu surgindo centenas de olarias na cidade, na maioria pelos imigrantes italianos. Com a introdução do tijolo como material de construção substituindo a taipa de pilão, as olarias em Guarulhos encontrou espaço na economia Paulista. O surgimento das indústrias em Guarulhos começou a partir de 1915 com a implantação do ramal da Tramway da Cantareira que acabaram sendo atendidos pela linha ferroviária.[carece de fontes] Guarulhos foi considerada a 13ª cidade mais rica do Brasil, em 2013, com um Produto Interno Bruto (PIB) na ordem de 49,3 bilhões de reais, o que representa 1,01% de todo PIB brasileiro na época.[6] Em Guarulhos, estão instaladas diversas indústrias como exemplo: Bauducco, Aché, Phibro, Yamaha, Randon, Gerdau, ABB, Usiminas, Pepsico e Cummins, É ainda um dos maiores centros na área de logística, contando com vários Centros de Distribuição como da Riachuelo, C&C, Ponto Frio e Dia.[carece de fontes] O setor de logística e transportes em Guarulhos é muito vasto, e a partir dessa necessidade diversos cursos de especialização se tornaram presentes na cidades. Entre eles a faculdade pública estadual FATEC.[24] Guarulhos possui um diversificado setor comercial, de modo que apresenta cinco grandes centros de compras. A cidade também conta com o chamado Aeroshopping, uma vez que o próprio aeroporto transformou-se em um grande centro de compras, atraindo turistas das mais variadas localidades. Também já está em construção o Parque Shopping Maia, localizado no bairro do Picanço, que terá como alvo o atendimento das classes A e B do município e da região. A cidade tem diversos minishoppings e galerias espalhados por sua região, merecendo destaque os instalados no Centro, na Vila Galvão e no Jardim Presidente Dutra. Na área de autoshoppings, dispõe do Autoshopping, situado na margem oposta da Rodovia Presidente Dutra (quando comparado ao Shopping Internacional).[carece de fontes] Além dos centros de compras, galerias e shoppings, o município é repleto de áreas comercias espalhadas por diversos bairros. Segundo a Lei de Zoneamento de Guarulhos, a localidade das principais áreas comercias são o Centro, a região de comércio mais antiga da cidade; a Vila Galvão, com grande presença de agências bancárias; Taboão, região comercial que se desenvolveu ao redor da Praça Oito de Dezembro; Cumbica, á rea densamente comercial no cruzamento das Avenidas Monteiro Lobato e Santos Dumont; Bonsucesso, Localizado à leste do município; Jardim Presidente Dutra, um dos mais densos centros comerciais da cidade; Pimentas, considerada a mais nova área comercial do município, sendo a mais distante do Marco Zero de Guarulhos (Praça Tereza Cristina) e Ponte Grande, localizado na divisa com São Paulo, entre a Marginal do Tietê e Rodovia Presidente Dutra.[carece de fontes] Vista panorâmica da região central de Guarulhos. Infraestrutura Atualmente, a concessionária responsável pela Rodovia Presidente Dutra está ampliando o número de faixas de rolagem entre Cumbica e o Centro. Desta forma, a cidade passará a contar com 8 faixas no sentido Rio de Janeiro – São Paulo.[carece de fontes] Segurança pública e criminalidade Desde 2000, a cidade tem diminuído a sua taxa de criminalidade. No período entre 1999 e 2009, a taxa de homicídios caiu 71% na cidade.[25] Homicídios Dolosos por 100 mil habitantes em Guarulhos[26] Saúde Hospital Geral de Guarulhos Sanatório Padre Bento. O munic
ípio conta com catorze hospitais (públicos e privados), sendo que, merecem, destaque: Hospital Padre Bento Hospital Unimed; Hospital Bom Clima; Hospital Carlos Chagas; Hospital Stella Maris; Hospital Seisa; Hospital Medtour; Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso; Hospital Municipal de Urgências; Hospital Geral de Guarulhos; Hospital Geral de Guarulhos (Santa Casa de São Paulo) Hospital Municipal da Criança e do Adolescente; Hospital e Maternidade Jesus José e Maria; Hospital Brasil; Também se fazem presentes 69 unidades básicas de saúde,[27] sete pronto atendimentos,[28] além de quatro Centro de Especialidades Médicas (Centro, Cantareira, São João e Pimentas-Cumbica),[29] quatro centros odontológicos[30] e sete unidades psicossociais.[31] O município apresenta os seguintes índices ligados a saúde: IDH-M Saúde: 0,831[19] Expectativa de vida (anos): 74,2 Mortalidade Infantil até 1 ano (por mil) 11,46 Transportes Terminal 3 do Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos. A Estação Aeroporto–Guarulhos da CPTM. O Aeroporto de Guarulhos – Governador André Franco Montoro, também conhecido por Aeroporto Internacional de Cumbica (IATA: GRU, ICAO: SBGR), é o principal e o mais movimentado aeroporto do Brasil. Localizado na cidade, no bairro de Cumbica, ocupa uma área de 13,32 quilômetros quadrados.[carece de fontes] A Linha 13 Jade da CPTM, inaugurada em 31 de março de 2018 que liga a estação Engenheiro Goulart, em São Paulo, a Estação Aeroporto-Guarulhos, próxima ao Terminal 1 do Aeroporto Internacional, com parada junto ao Terminal Rodoviário da cidade no Parque Cecap. A estação Aeroporto é interligada através de passarela ao Terminal Taboão.[32] Há projeto de construção de duas estações da Linha 2 do Metrô de São Paulo no município, no bairro Ponte Grande e próximo à Via Dutra.[33] Atualmente, três empresas operam o sistema de ônibus urbano municipal com linhas estruturais, que fazem a ligação do centro com os terminais nos bairros (Viação Urbana Guarulhos, no lote 1 – azul; Empresa de Ônibus Vila Galvão, no lote 2 – vermelho/verde e Viação Campo dos Ouros, no lote 3 – amarelo). Também operam na cidade 307 micro-ônibus de permissionários habilitados em processo licitatório, que atendem nas linhas alimentadoras, aquelas que fazem a ligação entre os bairros periféricos e os terminais nos respectivos bairros. Também existe na cidade o serviço noturno, com 10 permissionários que operam 5 linhas da 00h00 até as 05h00, ligando os principais bairros da cidade com hospitais, restaurantes, velórios municipais. E por fim, Guarulhos conta com uma linha seletiva, operada por 8 micro-ônibus, que liga o Aeroporto de Guarulhos ao Shopping Internacional, no bairro do Itapegica. Esta linha tem uma tarifa superior à municipal.[carece de fontes] Há, ainda, o Terminal Turístico Rodoviário de Guarulhos que se localiza no bairro Parque Cecap. Além do Terminal Turístico Rodoviário de Guarulhos, o município conta com mais cinco terminais de ônibus, sendo dois exclusivamente com linhas municipais (São João e Pimentas) e outros três que operam também linhas metropolitanas: Cecap, Taboão e Vila Galvão.[carece de fontes] Guarulhos também já foi servida por um outro e mais antigo ramal ferroviário, o Ramal de Guarulhos da antiga Estrada de Ferro Cantareira, por onde passava o Tramway da Cantareira (Trem da Cantareira). O ramal ligava o Centro de Guarulhos ao bairro de Santana, na zona norte da capital paulista, na antiga Estação Areal, o qual se entroncava com a linha principal da ferrovia, que seguia para o bairro da Cantareira e para a zona central da capital paulista, no bairro do Pari. Na antiga estação de Guarulhos, havia-se também um entroncamento com um pequeno ramal que seguia para a Base Aérea de Cumbica, onde hoje também se situa o Aeroporto Internacional. Nos anos 1940, as linhas da Estrada de Ferro Cantareira foram absorvidas pela Estrada de Ferro Sorocabana, que trocou suas bitolas de 60 cm para bitola métrica, porém não conseguiu pôr em prática a eletrificação destas. Considerado como “deficitário” pelas autoridades locais nos anos 1960, apesar de sua enorme demanda de passageiros, que dele se utilizavam para trabalhar ou estudar na capital, o ramal de subúrbio foi desativado e extinto no ano de 1965. Atualmente, somente existe uma réplica da antiga estação de Guarulhos na Praça Quarto Centenário, no Centro da cidade. Parte do antigo trajeto do ramal foi reaproveitado no leito da Linha 1 do Metrô de São Paulo. O antigo Ramal de Guarulhos também seria imortalizado na clássica música Trem das Onze, de Adoniran Barbosa.[34] Rodovias Viaduto Cidade de Guarulhos, construído sobre a Rodovia Presidente Dutra (BR-116; SP-60). Guarulhos tem o privilégio de ser cortada por rodovias de grande importância no cenário estadual e federal, sendo elas: BR-116.svg Rodovia Presidente Dutra – Atravessa o município de leste a oeste, da divisa com o município de Arujá a divisa com a capital paulista. As suas margens, em ambos os sentidos (RJ e SP) é tomada por inúmeras indústrias e comércios dos mais variados segmentos; BR-381.svg Rodovia Fernão Dias – Atravessa o extremo sudoeste do município nos distritos de Itapegica e Ponte Grande; SP-070.png Rodovia Ayrton Senna – Assim como a Rodovia Presidente Dutra, também corta toda a extensão do município de leste a oeste. Em alguns pontos, a rodovia é o ponto de divisão entre os municípios de Guarulhos e São Paulo; SP-019.svg BR-610 SP.svg Rodovia Helio Smidt – Única rodovia que possui 100% de sua extensão localizado no interior do município. Serve como ligação entre a Rodovia Ayrton Senna da Silva e o Aeroporto, passando pela Rodovia Presidente Dutra; SP-036.svg Rodovia Juvenal Ponciano de Camargo (Guarulhos-Nazaré Paulista) – Liga o distrito de São João ao município de Nazaré Paulista, às margens da Rodovia Dom Pedro I. Ferrovias Desde 2018, Guarulhos é servida pela Linha 13 da CPTM, que conecta o Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos ao bairro de Engenheiro Goulart, na zona leste da capital paulista e um serviço complementar (GRU-Express), um serviço expresso prestado pela CPTM, ligando o Aeroporto de Guarulhos à Estação Luz no bairro homônimo no centro da capital paulista.[35] Educação Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo FATEC de Guarulhos. A cidade de Guarulhos conta com universidades como a Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo no Pimentas, desde 2007, Universidade Guarulhos (UNG), Centro Universitário Metropolitano de São Paulo (FIG-UNIMESP), a Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (FATEC). Além disso, o município conta com as seguintes instituições de ensino superior: Uninove, Faculdade Eniac, Escola Superior Paulista de Administração (Faculdade de Negócios de Guarulhos), Facig, Faculdade IDEPE e Faculdades de Guarulhos, além de contar com um unidade semipresencial da Universidade Metodista de São Paulo (localizada nas dependências do Shopping Bonsucesso). A cidade também conta com um campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), que, desde o segundo semestre de 2006, ministra os cursos técnicos em manutenção e suporte de informática e automação industrial e, ainda, cursos de nível superior de tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas e automação industrial para o período noturno e, para o diurno, superior em licenciatura em matemática.[36] Em 2013, Guarulhos recebeu com outra instituição de ensino superior, a Faculdade Progresso, originada do tradicional Colégio Progresso da Vila Galvão.[carece de fontes] Os índices relacionados à área de educação do município são os seguintes: IDH-M Educação: 0,717[19] Taxa de Alfabetização: 94,2%[37] Comunicações Em 1960, foi criada a Companhia Telefônica de Guarulhos, numa tentativa de substituir os obsoletos 120 telefones manuais que eram operados pela Companhia Telefônica Brasileira.[carece de fontes] Em 1962, a Comp
anhia Telefônica de Guarulhos operava 2 000 terminais telefônicos automáticos, com o prefixo 49. Quando da criação do sistema Telebrás, em 1974, a Telecomunicações de São Paulo adquiriu a Companhia Telefônica de Guarulhos, então com 7 000 terminais, com a condição de que todas as chamadas telefônicas entre os dois municípios fossem consideradas chamadas locais. Na ocasião, o prefixo 49 foi alterado para 209. Em 2003, foi alterado para 6409 e, atualmente é 2409. O número de terminais aumentou para 20 000 em 1977.[carece de fontes] Cultura Museu Histórico Municipal de Guarulhos Entrada do Sesc Guarulhos A maior revelação da música de Guarulhos até os dias de hoje é o grupo de rock Mamonas Assassinas. A cidade conta ainda com orquestras como Orquestra Sinfônica Jovem Municipal e Orquestra de Câmara de Guarulhos.[carece de fontes] São diversas as manifestações religiosas presentes no município de Guarulhos. Dentre as manifestações católicas realizadas na cidade, as mais importantes são a Festa de Nossa Senhora de Bonsucesso e as missas em homenagem a Nossa Senhora da Conceição e a São Judas Tadeu. Entre as manifestações evangélicas, destacam-se a Marcha para Jesus, Night Gospel, S.O.S Vida, entre outros.[carece de fontes] Centro culturais O Arquivo Histórico Municipal é responsável por conservar os itens de valor histórico ou cultural para a cidade. A cidade conta com um sistema de bibliotecas públicas,[38] com matriz na Biblioteca Monteiro Lobato.[39] Há dois teatros na cidade, o Teatro Padre Bento e o Teatro Nelson Rodrigues.[40] Há locais tombados pela prefeitura, como o Casarão José Maurício[41] e o Sítio da Candinha.[42] Guarulhos ainda conta com a 44ª unidade do Serviço Social do Comércio, o Sesc Guarulhos. O local tem 34 mil m² de área e possui salas de música, teatro, biblioteca, piscinas e áreas esportivas. O prédio também engloba um acervo de arte brasileira, com 24 obras de arte.[43][44] Esportes Estádio Municipal Antônio Soares de Oliveira, durante partida do A.A. Flamengo. O primeiro clube de futebol de Guarulhos foi o Paulista, que atuava onde hoje está localizada a Praça Getúlio Vargas. Hoje, o município conta com o Estádio Municipal Antônio Soares de Oliveira. O município de Guarulhos possui duas equipes profissionais de futebol: a A.A. Flamengo e a A.D. Guarulhos (ambas disputando a Segunda Divisão do Campeonato Paulista).[carece de fontes] Um destaque nos esportes de Guarulhos é o primeiro (e único da cidade) time de rugby, o Lusa Rhynos Rugby.[carece de fontes] Ver também Paulistas de Guarulhos Câmara Municipal de Guarulhos Diocese de Guarulhos Sanatório Padre Bento Referências Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 «Distância São Paulo-Guarulhos». Distance.to. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 «Guarulhos». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 1º de julho de 2020. Consultado em 30 de agosto de 2020 «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 «Produto Interno Bruto dos Municípios 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 4 de março de 2019 «PIB dos Municípios Brasileiros 2016». IBGE. 2018 Dick, Maria Vicentina de Paula do Amaral (1 de janeiro de 1992). A dinâmica dos nomes na Cidade de São Paulo, 1554-1897. [S.l.]: Annablume. ISBN 9788585596675 Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (6 de novembro de 1906). «Lei nº 1 021, de 6 de novembro de 1906». Consultado em 24 de fevereiro de 2019 «História de Guarulhos». Prefeitura Municipal de Guarulhos. Consultado em 6 de novembro de 2020 «HISTÓRIA – Conheça um pouco da origem de Guarulhos». GuarulhosWeb. Consultado em 6 de novembro de 2020 ARANTES, José Tadeu (20 de junho de 2016). «História da mineração de ouro em Guarulhos é resgatada em pesquisa». Jornal da USP. Consultado em 6 de novembro de 2020 GRU Airport «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 21 de abril de 2018 «BDMEP – série histórica – dados diários – temperatura máxima (°C) – Guarulhos». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 24 de maio de 2014 «BDMEP – série histórica – dados diários – precipitação (mm) – Guarulhos». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 24 de maio de 2014 «World Maps of Köppen-Geiger climate classification». koeppen-geiger.vu-wien.ac.at. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 «BDMEP – série histórica – dados diários – temperatura mínima (°C) – Guarulhos». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 24 de maio de 2014 Censo IBGE 2010 «Ranking_Todo o Brasil (2010)». Consultado em 30 de maio de 2016 Guarulhos.org. «Divisão Administrativa de Guarulhos». Consultado em 18 de maio de 2010 Ricardo Valota (4 de Agosto de 2011). «Manutenção deixa 111 bairros de Guarulhos (SP) sem água nesta 5ª feira». sítio estadao.com.br. Consultado em 16 de Outubro de 2012 «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.guarulhos.orgBairros de Guarulhos «Atividades econômicas em Guarulhos (2012)». Plataforma DataViva. Consultado em 13 de janeiro de 2014 «Fatec Guarulhos – Histórico». www.fatecguarulhos.edu.br. Consultado em 8 de junho de 2021 ACE-Guarulhos, Marketing. «Número de homicídios cai 71% nos últimos 10 anos na cidade, diz SSP». ACE-Guarulhos «Estado SP: Produtividade Policial». Secretária de Segurança Pública. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 https://www.guarulhos.sp.gov.br/index.php/unidades-basicas-de-saude-ubs https://www.guarulhos.sp.gov.br/policlinicas-upa https://www.guarulhos.sp.gov.br/index.php/cemeg https://www.guarulhos.sp.gov.br/index.php/centro-de-especialidades-odontologicas-ceo https://www.guarulhos.sp.gov.br/centro-de-atencao-psicossocial-caps «Trem para o Aeroporto de Guarulhos começa a funcionar após 14 anos de atraso». G1. 31 de março de 2018. Consultado em 30 de junho de 2019 «Guarulhos terá duas estações do prolongamento da Linha 2-Verde – saopaulo – versaoimpressa – Estadão». 30 de dezembro de 2013. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 «Guarulhos — Estações Ferroviárias do Estado de São Paulo». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 31 de agosto de 2020 disse, Abilio Augusto (16 de fevereiro de 2018). «Linha 13-Jade: a primeira construída e operada pela CPTM». Plamurb. Consultado em 1 de setembro de 2020 «IFSP – Câmpus Guarulhos – Página inicial». gru.ifsp.edu.br. Consultado em 8 de junho de 2021 «Ranking_Todo o Brasil» (PDF). Consultado em 30 de maio de 2016 «Guarulhos.org – História da Bibliotéca Municipal Monteiro Lobato». www.guarulhos.org. Consultado em 12 de junho de 2019. Cópia arquivada em 11 de junho de 2019 «Sobre». Consultado em 30 de junho de 2019 GruCultura (3 de janeiro de 2017). «Teatro Nelson Rodrigues – Mapas Culturais». GruCultura. Consultado em 30 de junho de 2019 «Casarão de José Maurício de Oliveira». São Paulo Antiga. 28 de abril de 2009. Consultado em 30 de junho de 2019 «Patrimônio está aos pedaços em Guarulhos – São Paulo»Subscrição paga é requerida. Estadão. Estado de S. Paulo. Consultado em 30 de junho de 2019 «Sesc Guarulhos abre com programação gratuita que inclui Nação Zumbi e Arnaldo Antunes». Guia Folha. 10 de maio de 2019. Consultado em 30 de junho de 2019 «Sesc inaugura unidade em Guarulhos em 11 de maio | Arte ao Redor». VEJA SÃO PAULO. Consultado em 30 de junho de 2019 Ligações externas Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema: Commons Categoria no Commons Wikivoyage Guia turístico no Wikivoyage «Página da prefeitura» «Página da câmara» «Guarulhos no WikiMapia» «Site sobre a cidade» «Site da Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos» [Expandir] Guarulhos Portal de São Paulo Categorias: GuarulhosFundações no Brasil em 1560Municípi
os históricos do Brasil Esta página foi editada pela última vez às 23h25min de 6 de setembro de 2021. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) da Creative Commons; pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de utilização.
 Festa em Guarulhos. A cidade completa nesta terça-feira 460 anos de fundação. A cidade, que é a segunda maior do estado de São Paulo, e a 13ª do Brasil, foi fundada em 8 de dezembro de 1560, pelo padre jesuíta Manuel de Paiva, com o nome de Nossa Senhora da Conceição. Sua origem está ligada à de cinco outros povoamentos que tinham, como principal objetivo, defender o povoado de São Paulo de Piratininga contra um possível ataque dos Tamoios. Conforme lembra o professor de História, Ueldison Alves de Azevedo, “a palavra Guarulhos vem dos primeiros habitantes denominados Guarus, tribo essa que foi viveu no período quando os tupinambás eram predominantes em todo território nacional”. Além disso, ele recorda que “em um primeiro momento, tornou-se província, um local bem visto nesse período era a região de lavras, região essa que atraia muitos exploradores para lavrar ouro e prata, porém no século XVIII, era quase inexistente a exploração das minas pela falta de metais preciosos”. Guarulhos também foi um local onde muitos escravos da Guiné (negros da África) tiveram uma participação decisiva na construção da cidade, em especial a região do Bom Sucesso: “Foi um local onde muitos escravos viviam e trabalhavam em busca de metais preciosos e nas terras dos colonos. Um aspecto interessante aqui a se notar é a Igreja de Nossa Senhora dos Homens Pretos, que podemos encontrar no centro de São Paulo, próximo ao teatro municipal no Largo Paiçandu, no centro de Guarulhos próximo à praça Getúlio Vargas e no bairro do Bom Sucesso, essas três igrejas foram construídas ao mesmo tempo por volta dos anos 1720, essas igrejas eram apenas os pretos que acessavam e celebravam as missas, porém na igreja dos homens pretos no centro de Guarulhos, aos domingos, os pretos levavam o bispo da igreja Matrix para a celebração da missa”, conta o professor. Outro pronto histórico da cidade é a primeira catedral fundada na cidade, de nome Nossa Senhora da Conceição. Construída entre os séculos XVII e XVIII, na época em que foi erguida, detalha Ueldison, “a província ainda era uma mata por completo, a construção da catedral é a pedra angular para a evolução da cidade, cidade essa que traz também grandes pontos turísticos”. Recentemente foi inaugurado a linha 13 que liga CECAP (aeroporto) com a Estação da Luz, e, destaca Ueldison, “muitos se enganam que esse é o primeiro trem em toda a história da cidade. Em 1915 Guarulhos tem a sua estação ferroviária que vai até Tucuruvi, já na primeira metade do século XX acaba sendo estendida até o ramal de Cumbica e sendo desativada na década de 60.” Hoje é o patrimônio histórico da cidade, para finalizar essa viagem no tempo, o professor de História ressalta que “Guarulhos hoje faz parte das redondezas da mata atlântica, uma das maiores florestas nacional, nela encontramos a Serra da Cantareira, outro ponto turístico natural, fazendo com que a cidade atraia turistas de todas partes para deslumbrar dessas vistas naturais e ecológicas, além claro do intercâmbio do aeroporto, são mais 1 milhão de pessoas circulando diariamente nesse espaço”, completa. Dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística mostram que Guarulhos é a cidade não capital de estado mais populosa do Brasil e é considerada a 12ª cidade mais rica do Brasil. Em 2016, registrou um Produto Interno Bruto (PIB) na ordem de 53,9 bilhões de reais, o que representou mais de 1% de todo PIB brasileiro na época, além de deter o 4º maior produto interno bruto (PIB) de seu estadoA história de um povo não é estática e muda conforme os historiadores vão descobrindo novas fontes e documentos históricos. Um bom exemplo dessa afirmação é a “biografia” de Guarulhos. A data de fundação da cidade, 8 de dezembro, foi motivo de “discussão”. Gasparino José Romão e Adolfo de Vasconcelos Noronha, autores do livro Guarulhos 1980 – Edição comemorativa do I Centenário de Emancipação Política de Guarulhos (1880 – 1980), baseados em dados do historiador João Ranali, dizem que houve uma controvérsia relacionada à comemoração do dia da padroeira Nossa Senhora da Conceição, que mudou de março para dezembro. Por consequência, questionou-se a data de fundação da “Aldeia dos Guarus”. A dúvida se deu porque no calendário religioso, “muitos dias são dedicados à Mãe de Jesus, invocada através de nomes e figuras diferentes. O dia de Nossa Senhora da Conceição também variou entre os dias 6 a 9 de dezembro”, diz trecho do livro. De acordo com Elmi Omar, pesquisador, escritor, professor de história e membro da AAPAH – Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo Histórico, alguns pesquisadores incluem Guarulhos como uma das primeiras aldeias jesuíticas, outros apenas como uma extensão da aldeia de São Miguel; ainda outros, que a aldeia surgiu apenas 100 anos após a data convencionalmente aceita, 8 de dezembro de 1560. Os historiadores afirmam que um edital da Câmara de São Paulo, datado de 28 de novembro de 1740, serviu para resolver o “imbróglio” e “cravar” 8 de dezembro como a data oficial. O documento, que fizemos questão de manter conforme grafia da época, convocava “cidadois e republicanos desta cidade e fora della tres legoas para se reunirem na casa da Câmara depois da Senhora Conceição pelas duas oras da tarde. Entenda-se: depois da missa e festa de Nossa Senhora da Conceição que se realizava a 8 de dezembro, pela manhã”. Fundadores Não há unanimidade quanto ao nome do fundador ou fundadores da cidade. O professor Elmi explica: “Na letra do hino a Guarulhos, lançado por ocasião do quarto centenário de emancipação do município, em 1960, consta o nome do padre João Álvares. Já na Lei Municipal número 2789 de 1983, a fundação é atribuída ao padre Manoel de Paiva. Para o pesquisador Benedito Prezia, o responsável seria o padre Manuel Viegas. Essas variações de nomes dependem das interpretações dos historiadores e do que cada um definiu como ‘mito fundador’. Seguindo a orientação dos superiores, a igreja e a missão devem ter sido construídas na parte alta da área, entre os anos de 1606 e 1607. A capela, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, passou a designar o aldeamento. Esta fundação foi o coroamento dos trabalhos do padre Viegas, que morreu em 1608. No ano seguinte, o padre Simão de Vasconcelos, referindo-se às missões dos jesuítas em São Paulo, cita a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, cujo superior era o padre Sebastião Gomes (In: HCJB, v. 6, l. 4, c. 1, p. 501)”, detalha Elmi, reproduzindo texto do livro “Guarulhos tem História”, do qual é um dos autores. Os primeiro habitantes de Guarulhos Alguns pesquisadores acreditam que os primeiros habitantes dessas terras foram os índios Guarulhos, outros os Maromomi, e outros dizem ainda que esses dois grupos eram um só. “Eu acredito, baseado em evidências arqueológicas, que também existiam grupos de índios sedentários, principalmente às margens do rio Tietê. Os Maromomi eram caçadores e coletores, ou seja, itinerantes, vivendo do que a terra dava. As tribos sedentárias conseguiam cultivar a terra e permaneciam maior tempo nos locais. Não há documentos, até essa data, que mostre a quantidade de autóctones (nativos) por ocasião da fundação de Guarulhos”, relata o escritor. Segundo ele, “há evidências do surgimento da cidade em dois pólos coloniais: um em Bonsucesso e outro perto da atual matriz. A procura ao ouro, em terras onde os índios Guarimumis viviam, atual Serra da Cantareira, foi impulsionadora do nascimento da
cidade”, relata o professor que segue evidenciando a presença de índios por meio do texto abaixo: “Partindo da cidade de S. Paulo, na Capitania de S. Vicente, chegamos primeiro à povoação de S. Miguel (distante de S. Paulo cinco ou seis léguas para o nascente), à margem do rio Anhembi, e nesse lugar achamos preparadas as provisões, que os selvagens tinham de carregar nos ombros. Atravessamos, depois, aquele rio e, com uma marcha de quatro ou cinco dias a pé, através de densas matas, seguimos rumo de norte, até um riacho que nasce nos montes Guarimumis, ou Marumimins, onde há minas de ouro. (…)” A origem do nome Guarulhos Também há varias versões para a origem do nome da cidade. Romão e Noronha publicaram que, de acordo com o historiador João Ranali, “Guarulhos é originário de ‘gu-aru-bo’, que significaria ‘trazidos’, isto é, que teriam vindo para cá pelas mãos dos jesuítas. Mas, restaria saber se as dezenas de tribos dos Guarulhos, disseminadas por vasta área do território brasileiro, se todas elas foram ‘trazidas’ de algum lugar. Para Moreira Pinto, Guarulhos era o nome que os portugueses atribuíram aos ‘índios que habitavam todo o território compreendido entre as margens dos rios São João, São Pedro e Macaé. Para o seminarista J. Norberto, os Guarulhos seriam uma tribo dos guaianases, denominada Goitacaguaçu, que os portugueses passariam a chamar, através dos tempos, de Sacurus, Guarus e Guarulhos. “Benedito Prezia, baseado nos estudos da Companhia dos Jesuítas, diz que o nome dos índios, por ser de difícil pronunciação, recebeu várias grafias como Maromomi, Maromemim, Maramomi, Jeromomim, Garumimim e Garomemim. No Rio de Janeiro foram conhecidos como Guarulho e Gessaruçu, sendo esses índios do tronco Gê. Ranali e outros pesquisadores atribuem o nome ao peixe barrigudo, abundante no rio Tietê”, complementa Elmi, destacando que tais informações também tem com base os relatos do holandês Wilheim Glimmer, um missionário protestante, que participou de expedição em busca de ouro, na região, em 1601. O fim dos guarus na região Os índios eram itinerantes e fugiram quando submetidos ao trabalho escravo, outros morreram devido à falta de imunidade das doenças trazidas pelos europeus. Aqueles que fizeram parceria com os brancos miscigenaram-se e sua cultura foi enfraquecida ou eliminada. Confira mais sobre essa história, contada pela Revista Guarulhos de dezembro de 2016: Introdução: Guarulhos: 456 anos de muita história Detalhes de uma grande história chamada Guarulhos Antes e depois: as marcas de Guarulhos Os dados de uma gigante Livro do Sincomerciários conta um pouco da história de Guarulhos
,A história de um povo não é estática e muda conforme os historiadores vão descobrindo novas fontes e documentos históricos. Um bom exemplo dessa afirmação é a “biografia” de Guarulhos. A data de fundação da cidade, 8 de dezembro, foi motivo de “discussão”. Gasparino José Romão e Adolfo de Vasconcelos Noronha, autores do livro Guarulhos 1980 – Edição comemorativa do I Centenário de Emancipação Política de Guarulhos (1880 – 1980), baseados em dados do historiador João Ranali, dizem que houve uma controvérsia relacionada à comemoração do dia da padroeira Nossa Senhora da Conceição, que mudou de março para dezembro. Por consequência, questionou-se a data de fundação da “Aldeia dos Guarus”. A dúvida se deu porque no calendário religioso, “muitos dias são dedicados à Mãe de Jesus, invocada através de nomes e figuras diferentes. O dia de Nossa Senhora da Conceição também variou entre os dias 6 a 9 de dezembro”, diz trecho do livro. De acordo com Elmi Omar, pesquisador, escritor, professor de história e membro da AAPAH – Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo Histórico, alguns pesquisadores incluem Guarulhos como uma das primeiras aldeias jesuíticas, outros apenas como uma extensão da aldeia de São Miguel; ainda outros, que a aldeia surgiu apenas 100 anos após a data convencionalmente aceita, 8 de dezembro de 1560. Os historiadores afirmam que um edital da Câmara de São Paulo, datado de 28 de novembro de 1740, serviu para resolver o “imbróglio” e “cravar” 8 de dezembro como a data oficial. O documento, que fizemos questão de manter conforme grafia da época, convocava “cidadois e republicanos desta cidade e fora della tres legoas para se reunirem na casa da Câmara depois da Senhora Conceição pelas duas oras da tarde. Entenda-se: depois da missa e festa de Nossa Senhora da Conceição que se realizava a 8 de dezembro, pela manhã”. Fundadores Não há unanimidade quanto ao nome do fundador ou fundadores da cidade. O professor Elmi explica: “Na letra do hino a Guarulhos, lançado por ocasião do quarto centenário de emancipação do município, em 1960, consta o nome do padre João Álvares. Já na Lei Municipal número 2789 de 1983, a fundação é atribuída ao padre Manoel de Paiva. Para o pesquisador Benedito Prezia, o responsável seria o padre Manuel Viegas. Essas variações de nomes dependem das interpretações dos historiadores e do que cada um definiu como ‘mito fundador’. Seguindo a orientação dos superiores, a igreja e a missão devem ter sido construídas na parte alta da área, entre os anos de 1606 e 1607. A capela, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, passou a designar o aldeamento. Esta fundação foi o coroamento dos trabalhos do padre Viegas, que morreu em 1608. No ano seguinte, o padre Simão de Vasconcelos, referindo-se às missões dos jesuítas em São Paulo, cita a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, cujo superior era o padre Sebastião Gomes (In: HCJB, v. 6, l. 4, c. 1, p. 501)”, detalha Elmi, reproduzindo texto do livro “Guarulhos tem História”, do qual é um dos autores. Os primeiro habitantes de Guarulhos Alguns pesquisadores acreditam que os primeiros habitantes dessas terras foram os índios Guarulhos, outros os Maromomi, e outros dizem ainda que esses dois grupos eram um só. “Eu acredito, baseado em evidências arqueológicas, que também existiam grupos de índios sedentários, principalmente às margens do rio Tietê. Os Maromomi eram caçadores e coletores, ou seja, itinerantes, vivendo do que a terra dava. As tribos sedentárias conseguiam cultivar a terra e permaneciam maior tempo nos locais. Não há documentos, até essa data, que mostre a quantidade de autóctones (nativos) por ocasião da fundação de Guarulhos”, relata o escritor. Segundo ele, “há evidências do surgimento da cidade em dois pólos coloniais: um em Bonsucesso e outro perto da atual matriz. A procura ao ouro, em terras onde os índios Guarimumis viviam, atual Serra da Cantareira, foi impulsionadora do nascimento da cidade”, relata o professor que segue evidenciando a presença de índios por meio do texto abaixo: “Partindo da cidade de S. Paulo, na Capitania de S. Vicente, chegamos primeiro à povoação de S. Miguel (distante de S. Paulo cinco ou seis léguas para o nascente), à margem do rio Anhembi, e nesse lugar achamos preparadas as provisões, que os selvagens tinham de carregar nos ombros. Atravessamos, depois, aquele rio e, com uma marcha de quatro ou cinco dias a pé, através de densas matas, seguimos rumo de norte, até um riacho que nasce nos montes Guarimumis, ou Marumimins, onde há minas de ouro. (…)” A origem do nome Guarulhos Também há varias versões para a origem do nome da cidade. Romão e Noronha publicaram que, de acordo com o historiador João Ranali, “Guarulhos é originário de ‘gu-aru-bo’, que significaria ‘trazidos’, isto é, que teriam vindo para cá pelas mãos dos jesuítas. Mas, restaria saber se as dezenas de tribos dos Guarulhos, disseminadas por vasta área do território brasileiro, se todas elas foram ‘trazidas’ de algum lugar. Para Moreira Pinto, Guarulhos era o nome que os portugueses atribuíram aos ‘índios que habitavam todo o território compreendido entre as margens dos rios São João, São Pedro e Macaé. Para o seminarista J
. Norberto, os Guarulhos seriam uma tribo dos guaianases, denominada Goitacaguaçu, que os portugueses passariam a chamar, através dos tempos, de Sacurus, Guarus e Guarulhos. “Benedito Prezia, baseado nos estudos da Companhia dos Jesuítas, diz que o nome dos índios, por ser de difícil pronunciação, recebeu várias grafias como Maromomi, Maromemim, Maramomi, Jeromomim, Garumimim e Garomemim. No Rio de Janeiro foram conhecidos como Guarulho e Gessaruçu, sendo esses índios do tronco Gê. Ranali e outros pesquisadores atribuem o nome ao peixe barrigudo, abundante no rio Tietê”, complementa Elmi, destacando que tais informações também tem com base os relatos do holandês Wilheim Glimmer, um missionário protestante, que participou de expedição em busca de ouro, na região, em 1601. O fim dos guarus na região Os índios eram itinerantes e fugiram quando submetidos ao trabalho escravo, outros morreram devido à falta de imunidade das doenças trazidas pelos europeus. Aqueles que fizeram parceria com os brancos miscigenaram-se e sua cultura foi enfraquecida ou eliminada. Confira mais sobre essa história, contada pela Revista Guarulhos de dezembro de 2016: Introdução: Guarulhos: 456 anos de muita história Detalhes de uma grande história chamada Guarulhos Antes e depois: as marcas de Guarulhos Os dados de uma gigante Livro do Sincomerciários conta um pouco da história de Guarulhos
,dom pedroEm 1590 foram descobertas minas de ouro, na região onde atualmente é o bairro de Lavras. As chamadas “Lavras Velhas do Geraldo” podem ser vistas, hoje, na margem direita da estrada que se dirige de Cumbica para Nazaré. D. Pedro II visitou a região em 1880, a qual foi elevada à Província de Nossa Senhora da Conceição de Guarulhos. Apenas em 1906 uma Lei Estadual determinou que Guarulhos recebesse a denominação de cidade. No Brasil Colônia, durante os séculos XVII e XVIII, foram delimitadas sesmarias organizando a ocupação da região. Os sesmeiros se dedicaram à agricultura e à mineração e, como atividade de apoio, criavam gado vacum e cavalar. Entre os anos seiscentos e o início do século XX, houve produção de álcool e aguardente, embora o clima úmido e frio fosse propício a causar ferrugem ao trigo, mosaico a cana e curuquerê ao algodão. “Nos anos 50 a inauguração das rodovias Presidente Dutra e Fernão Dias aproxima pessoas e mercadorias da cidade. Guarulhos se viu unida a São Paulo, no momento histórico de aceleração industrial, e ao Rio de Janeiro, ainda então Capital Federal” O trabalho escravo foi realizado principalmente por negros de origem sudanesa, denominados Gegês, e foi utilizado em larga escala. Segundo o tombamento das propriedades rurais da Capitania de São Paulo de 1817, registraram-se 183 escravos na Freguesia da Conceição dos Guarulhos, pertencentes a 28 lavradores das seguintes áreas: Bom Jesus, Bom Sucesso, Guavirotuba, Itaverava, Lavras, Pirucaia, São Gonçalo, São Miguel (Pimentas) e Varados. Em 30 de maio de 1901 foi publicada a súmula da produção do Município, onde estava registrada a produção de aguardente (30 engenhos), de arroz (12 propriedades), de café (4 propriedades), de feijão (200 propriedades), de milho (200 propriedades), de tabaco (1 propriedade), de carvão (10 propriedades), de vinho (2 propriedades), além da criação de gado: cavalar (300 cabeças), caprinos (20 cabeças), suínos (100 cabeças), vacum (300 cabeças) e 5 produtores na área de apicultura. Em 1915 Guarulhos recebe o Ramal Guapyra – Guarulhos, da estrada de ferro da Cantareira, possibilitando o escoamento de madeira, pedra e tijolos, fabricados em diversas olarias da região e amplamente utilizados na construção civil na Capital. A cidade ganhou cinco estações: Vila Galvão, Torres Tibagy, Gopoúva, Vila Augusta e Guarulhos, além do prolongamento até a Base Aérea, em Cumbica. O início do século XX marcou também a chegada da energia elétrica (Light & Power), dos pedidos para instalação da rede telefônica, licenças para implantação de indústrias de atividades comerciais e dos serviços de transporte de passageiros. Na década de 40 foi inaugurada a Biblioteca Pública Municipal, o primeiro Centro de Saúde da cidade e a Santa Casa de Misericórdia, além de indústrias do setor elétrico, metalúrgico, plástico, alimentício, de borracha, calçados, peças para automóveis, relógios e couros. Em 1945, a Base Aérea de São Paulo (BASP) foi transferida do Campo de Marte, em São Paulo, para o bairro de Cumbica, em Guarulhos. Nos anos 50 a inauguração das rodovias Presidente Dutra e Fernão Dias aproximou pessoas e mercadorias da cidade. Guarulhos se viu unida a São Paulo, no momento histórico de aceleração industrial, e ao Rio de Janeiro, ainda então Capital Federal e centro de decisões políticas e econômicas, gerando, portanto, um impulso para instalação de indústrias nos trechos das rodovias que passam pelo município. Nos ‘anos dourados’ Guarulhos também ganhou um Rotary Club e realizou a 1° Feira da Indústria e Comércio da cidade, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. A fase dos anos 1960/1970, foi marcada pela estruturação de atividades industriais, que em grande medida pautaram os caminhos da migração para o Estado de São Paulo. Em 1963 foi fundada a Associação Comercial e Industrial de Guarulhos, hoje, Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos (ACE). Em 1985 começou a operar o aeroporto de Cumbica, hoje denominado “Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos Governador André Franco Montoro”, o maior da América do Sul. Devido à industrialização ocorrida no município, o afluxo do contingente humano incentivou a formação de loteamentos efetuados sem grandes preocupações com a urbanização, a infraestrutura e os serviços de utilidades públicas. O crescimento populacional da cidade de Guarulhos é um reflexo do processo de urbanização que afetou o Brasil, especialmente nos últimos 50 anos. Entre 2000 e 2006 a população de Guarulhos teve o triplo do crescimento registrado pelo estado de São Paulo. Segundo o IBGE, Guarulhos é o município mais populoso depois da capital, ultrapassando os 1,3 milhão de habitantes. A maior parte da população se concentra na faixa de idade economicamente ativa distribuída mais ou menos de forma homogênea entre homens e mulheres. As regiões mais densas do município são aquelas de ocupação mais antiga, situadas no centro e seu entorno, seguidas por aquelas que vêm passando por um acelerado processo de adensamento nos últimos anos em função da disponibilidade de áreas livres, o que implica preços mais acessíveis da terra urbana. Atualmente, verifica-se que a tendência de crescimento do município é no sentido Leste e observa-se um forte investimento infraestrutural e de serviços nos últimos anos. 23767 visualizações ,Atribuir nomes às ruas parece uma ação muito simples. De fato, há questões de cidadania e políticas públicas envolvidas nessa ação: todos devem ter direito à moradia e acesso a serviços tais como a entrega de correspondência, e usufruir de bens e atendimentos, exemplificados pelo transporte emergencial em saúde, compra de gás de cozinha e recebimento de outros produtos consumidos no comércio varejista. Trata-se de ocorrências prosaicas da vida privada que, sem um endereço, seriam inviabilizados. Desde 1977, em plena ditadura civil-militar e sob o governo de Ernesto Geisel, instituiu-se uma legislação federal1 segundo a qual pessoas vivas não podem emprestar seus nomes aos logradouros, edifícios ou monumentos públicos ou particulares que recebam subvenção dos cofres governamentais. O mesmo vale para pessoas mortas que tenham se notabilizado pela defesa ou exploração de mão de obra escrava2. A denominação de logradouros públicos é uma ação aparentemente prosaica e simples, mas também política, como são todas as ações cotidianas. A dimensão política pode emergir inclusive na forma de desafio às normas legais: um
bom exemplo foi a solene ignorância à lei de 1977 pelo então governador fluminense Leonel Brizola, ao atribuir o nome de Nelson Mandela a uma rua em Botafogo, no Rio de Janeiro, aberta durante as obras do metrô naquele bairro da cidade, em 19813. Com esse gesto, Brizola recusou a legislação que o impedia de nomear ruas com o empréstimo do nome de pessoas vivas, ao mesmo tempo em que deixou clara a homenagem ao líder sul-africano, que naquela altura era um preso político havia muitos anos em seu país por lutar pelo fim do 1 Lei nº 6.454, de 14 de outubro de 1977: “Dispõe sobre a denominação de logradouros, obras, serviços e monumentos públicos, e dá outras providências”. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1970-1979/lei-6454-24-outubro-1977-366428-normaatualizadapl.html>. Acesso em 24 de novembro de 2018. 2 A nova redação e a insistência na proibição relativa ao trabalho escravo foram sancionadas pela presidenta Dilma Rousseff, por meio da Lei nº 12.781, de 10 de janeiro de 2013, Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2013/lei-12781-10-janeiro-2013-775056-publicacaooriginal138720-pl.html>. Acesso em 24 de novembro de 2018. 3 O nome foi oficializado pela prefeitura carioca cinco anos depois, cf. Decreto nº 6.184, de 9 de outubro de 1986. Disponível em: <https://leismunicipais.com.br/a1/rj/r/rio-dejaneiro/decreto/1986/619/6184/decreto-n-6184-1986-reconhece-como-logradouro-publico-da-cidade-dorio-de-janeiro-com-denominacao-oficial-aprovada-a-rua-nelson-mandela-situada-no-bairro-de-botafogona-iv-regiao-administrativa-botafogo?q=Nelson+Mandela>. Acesso em 25 de novembro de 2018. odioso regime racista do apartheid e que visitaria o Rio de Janeiro em 1991, quando pode inaugurar um centro educacional com seu nome, no bairro do Campo Grande. Desde o ano anterior, na mesma cidade, um conjunto habitacional situado em Manguinhos também o homenageava. Mais recentemente, na gestão de Fernando Haddad na prefeitura de São Paulo, o Elevado Presidente Costa e Silva, nome oficial de uma via elevada paulistana popularmente conhecida como Minhocão e inaugurada em 25 de janeiro de 1971, teve seu nome alterado para Elevado Presidente João Goulart em 25 de julho de 20164. O objetivo era substituir uma memória celebrativa do presidente que instituiu o famigerado AI-5 – morto em 1969 e representado por sua viúva no descerramento da placa na cerimônia de inauguração presidida pelo então prefeito Paulo Salim Maluf – pela homenagem ao presidente da República derrubado no golpe de 1964. A troca não foi um ato isolado: relacionava-se ao programa “Ruas de Memória”5, da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania do município, que pretendia trocar as denominações de cerca de 40 logradouros públicos em São Paulo batizados com nomes de personagens e lugares da repressão levada a cabo durante a ditadura de 1964-1985. Nomes de ruas, portanto, também estão inseridos nesse campo de disputas que é a memória coletiva. Todos os vestígios das ações humanas são objetos legítimos do interesse do historiador, e com os nomes das ruas não é diferente. O conteúdo que apresentamos aqui foi produzido pelos estudantes de História do Departamento de História da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). O Dicionário resulta do trabalho coletivo desenvolvido no Laboratório de Ensino e Pesquisa III, no qual experimentamos métodos e linguagens do historiador. O Dicionário inspira-se em outras obras de natureza similar. Apenas para lembrar algumas iniciativas, a Prefeitura Municipal de São Paulo mantêm um setor com a atribuição específica de registrar as denominações dos logradouros e um site para consulta dos nomes6 . Escritores também se interessaram pelos nomes das ruas com 4 Lei nº 16.525, de 25 de julho de 2016. Disponível em: <http://legislacao.prefeitura.sp.gov.br/leis/lei16525-de-25-de-julho-de-2016>. Acesso em 25 de novembro de 2018. 5 “Ruas de Memórias”. Disponível em: <https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/direitos_humanos/direito_a_memoria_e_a_verdade/ programas_e_projetos/index.php?p=221739>. Acesso em 25 de novembro de 2018. 6 A Coordenação de Denominação de Logradouros Públicos e Próprios Municipais do Departamento do Arquivo Histórico Municipal de São Paulo, que mantem o site <https://dicionarioderuas.prefeitura.sp.gov.br/>. abordagens marcadamente históricas – como Paulo Berger para o Rio de Janeiro7 – e literárias – como Jorge Amado e seu guia de ruas e mistérios de Salvador8. O recorte pelo qual optamos neste Dicionário tem dimensões acadêmicas e políticas, como não poderia deixar de ser. Escolhemos iniciar a pesquisa e a escrita dos verbetes pelos bairros mais afastados do centro de Guarulhos, normalmente situados no final das prioridades em políticas públicas e em obras de cunho acadêmico. Por ora, temos verbetes para ruas da Água Chata, do Pimentas e do Bonsucesso. O objetivo é ampliar a obra nos próximos anos, até cobrir todos os bairros da cidade. As fontes consultadas ao longo deste trabalho mostraram a ausência de informações sobre os motivos que levaram uma rua a receber determinado nome e sobre as razões da homenagem. Assim, na falta de dados explicativos, optamos muitas vezes por descrever os logradouros a partir de uma observação presencial. Quando o volume de informações vier a crescer, abrangendo outros bairros guarulhenses, poderemos ter condições de analisar critérios não explicitados nas denominações dos logradouros, elaborar estudos comparativos e pensar em uma hierarquia das áreas da cidade dada, entre outras coisas, pelos nomes de suas ruas. Muito mais pode ser feito e esperamos que o Dicionário possa contar com a colaboração dos moradores de Guarulhos. Se você identificou algum erro, tem informações sobre uma rua ou quer nos contar sua impressão sobre como é viver ou trabalhar na sua rua, fale conosco. Este livro tem também uma versão disponível na internet9, e ali o leitor encontrará meios de se comunicar com a equipe do Dicionário. 7 BERGER, Paulo. Dicionário histórico das ruas do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Olympia, 1974. 8 AMADO, Jorge. Bahia de Todos os Santos. Rio de Janeiro: Record, 2000 (1ª ed.: 1945). 9 “Dicionário histórico dos nomes das ruas de Guarulhos”. Disponível em: <https://dicionarioruasguarulhos.wordpress.com/listaderuas/>. PREFÁCIO À 2ª EDIÇÃO O ano de 2019 foi difícil para a Universidade Pública brasileira. Com financiamentos minguados e ataques à sua autonomia, tentaram expô-la à sociedade como uma inimiga. Por diferentes razões, a tentativa de destruí-la não funcionou. Primeiramente, porque ela resistiu. Em seguida, porque a opinião pública não acreditou que a Universidade Pública é uma inimiga, a considerar os dados segundo os quais 67% dos brasileiros de todas as cores, gêneros, graus de escolaridade, idade, ocupação, região, renda e preferência partidária defendem a gratuidade universal no ensino superior. Percentuais ainda mais expressivos da população defendem a gratuidade em todos os níveis de ensino10. A Universidade Pública brasileira trabalha e presta contas à população que a mantém. O acesso de gente de todas as classes sociais ao ensino superior público vinha se ampliando enormemente havia mais de uma década, até que o processo de ampliação foi abortado e a política de financiamento universitário pelo Estado foi revista, a partir de 2016. Decerto, o trabalho e o acesso construídos nos anos anteriores deixaram claro para a população que as atividades desenvolvidas nas Universidades Públicas brasileiras promoveram o desenvolvimento do país e a ascensão profissional e pessoal de milhões de pessoas. Não é fácil transformar em inimigo público, de um dia para o outro, o grande aliado na superação das adversidades e da ignorância. Mas os mentores dessa ação continuam tentando. Enquanto isso, a Universidade continua trabalhando. A segunda edição do Dicionário histó
rico dos nomes das ruas de Guarulhos é uma pequena amostra do vigor da produção acadêmica no Brasil, integrando o trabalho de docentes, estudantes de graduação e pós-graduandos. A orientação dos trabalhos, mais uma vez, coube à unidade curricular de Laboratório de Ensino e Pesquisa III, disciplina oferecida todos os anos na graduação em História da UNIFESP, sediada em Guarulhos. Os pós-graduandos atuaram como consultores do projeto, colaborando decisivamente para a pesquisa e organização dos trabalhos que, afinal, envolveram cerca de oitenta estudantes de graduação dos turnos vespertino e noturno. Os estudantes são os autores de fato da obra: 10 “Datafolha: maioria dos brasileiros defende educação gratuita da creche à universidade”. Disponível em: <https://www.redebrasilatual.com.br/educacao/2019/12/datafolha-maioria-dos-brasileiros-defendeeducacao-gratuita-da-creche-a-universidade/>. Acesso em 27 de dezembro de 2019. nesta edição, graças ao trabalho deles, foi possível acrescentar 156 novos verbetes ao Dicionário, praticamente dobrando o número da primeira edição, feita no ano anterior. As dificuldades na pesquisa histórica em uma obra como esta ficam evidentes. A legislação, as iniciativas e as práticas do poder público na denominação dos logradouros são mistérios a serem desvendados, sobretudo quando designam ruas, avenidas e praças nos bairros mais distantes da área central. Para a maior parte das denominações, não conseguimos obter informações mais precisas sobre as razões da homenagem, especialmente quando se tratava de nomes de indivíduos. Por isso, mantivemos a observação como método: os autores dos verbetes foram aos logradouros, os descreveram, obtiveram depoimentos e impressões de moradores ou frequentadores dos locais pesquisados e fotografaram os espaços, produzindo suas próprias fontes e construindo conhecimento histórico sobre o tempo presente. Na medida em que o trabalho se adensar, talvez a lógica das denominações possa vir a ser desvendada ou, ao menos, teremos material suficiente para refletir sobre os critérios que presidem as escolhas para, assim, pensar a cidade e suas referências de forma cada vez mais ampla. Privilegiamos a região da Água Chata, que teve praticamente todos os seus logradouros inseridos nesta edição do Dicionário. Pudemos também ampliar de forma significativa os verbetes relativos ao bairro do Bonsucesso e, em número menor, os que se referem ao Pimentas. Nas próximas edições, nossa intenção é concluir a pesquisa e redação dos verbetes sobre o Bonsucesso e continuar a privilegiar as áreas orientais de Guarulhos, talvez dividindo a obra em volumes que reúnam conjuntos de bairros de acordo com o critério de proximidade geográfica.
 Desentupidora em Guarulhos  conte conosco para resolver qualquer entupimento Empresa Desentupidora em Guarulhos 24 Horas ,  Mais Barato, Visita Grátis, Para serviço de desentupimento de Esgoto Guarulhos, Ralo de Quintal, Pia de Cozinha, Ralo de Chuva, Ralo de Box, Caixa de Fossa, Tanque, Banheiro, Vaso Sanitário, Coluna, Atendimento Rápido Desentupimento em Guarulhos SP. Desentupidora em Guarulhos Desentupidora em Guarulhos Desentupidora em Guarulhos 24 Horas Entupiu certamente a Desentupidoras tem a solução para serviços de desentupimento de Esgoto, Pia de cozinha, Ralo de box, chuva, banheiro, quintal, Tanque, Fossa, Caixa de Gordura, Vaso Sanitário, Limpeza de Fossa. e como resultado, Resolva de vez Problema, Aproveite a promoção para Serviços de Desentupidora. Cliente sempre está Acima de tudo, certamente somos uma empresa de Desentupimento em Guarulhos  São Paulo. Mas, por outro lado, a equipe da empresa conta com melhor preço, ou seja atendimento imediato e orçamento sem compromisso 24 horas como resultado, mas, terá um desconto especial. Localização da nossa base de desentupir Guarulhos – Bairro: Centro, Av. Salgado Filho, 3025 – Vila Rio de Janeiro Guarulhos – SP,Serviço de desentupimento em Guarulhos: desentupidora de Vaso desentupidora de Vaso Sanitário em Guarulhos Mesmo isso sendo importante, além disso, +Desentupidora +de +vaso +sanitário+Guarulhos /Desentupimento de Privadas+Guarulhos , é um serviço que necessita de uma vasta experiência pois esse tipo de serviço pode ser muito perigoso, certamente. Portanto o ideal é utilizar todo material de EPI para que não haja nenhum acidente. Desentupimento de Esgoto em Guarulhos Desentupimento de Esgoto em Guarulhos Todos técnicos uniformizados, saiba mais: desentupidora+de +esgoto +Guarulhos, na grande maioria das vezes é um serviço rápido de se resolver porem, ele deve ser feito com equipamento de alta pressão ou maquinas e certamente profissionais de desentupimento de esgoto. Empresa Desentupimento pia Guarulhos Desentupimento de Pia Desentupimento de Pia em Guarulhos Em razão disso temos, por exemplo: essa empresa, +Desentupidora de pia+ Guarulhos, o entupimento de pia basicamente ocorre por falta de cuidados preventivo, por exemplo: pode evitar o entupimento da pia, com cuidados muito simples, não jogando resto de alimento na tubulação certamente. Oferecidos pela desentupidora – SP: Conhecimento adquirido através da experiência, além disso: +Desentupidora de fossas+Guarulhos, a tubulação da fossa na grande maioria das vezes ocorre por falta de limpeza da fossa em Guarulhos periódica, essa limpeza tem que ser feita pelo menos uma vez ao ano, assim nunca terá que esgotar a fossa e jatear a tubulação. Desentupidora de Ralo Guarulhos Desentupidora de Ralo Guarulhos desentupimento de ralo em Guarulhos Consequentemente veja +Ralos+ Guarulhos os ralos de banheiro ou quintal também entopem por mau uso, o que seria o mau uso o descaso com detritos pequenos deixados cair na tubulação ao longo do tempo, tais como cabelo, areia, pedras. Deslumbra porque, acima de tudo, o serviço de +Colunas+Guarulhos, nas colunas dos condomínios e prédios é na grande maioria das vezes é um tipo de serviço muito delicado de ser feito, portanto o ideal a se fazer é contratar uma empresa que tenha um engenheiro responsável para executar um serviço de qualidade acima de tudo. Toda via respeitamos nossos clientes assim a +Desentupidora +de +Caixa +de +gordura, a desobstrução de caixa de gordura é realizada na grande maioria das vezes por sistema de hidrojateamento, esse sistema é acima de tudo muito eficiente, portanto ao fazer o desentupimento de caixa de gordura peça para empresa realizar com o hidro. empresa hidrojateamento em Guarulhos empresa hidrojateamento em Guarulhos empresa hidrojateamento em Guarulhos A principio, em primeiro lugar o serviço de Hidrojateamento+Guarulhos esse sistema é realizado com um jato de pressão de água para limpeza e retirada de todos detritos que ficam preso na tubulação, porem ao contratar esse tipo de serviço de hidrojateamento como resultado, em conclusão teremos que fazer analise da planta hidráulica do local, Ou seja, sempre atuamos com as melhores técnicas. Confira por exemplo Serviços oferecidos pela desentupimento em Guarulhos – SP: Caça vazamento+Guarulhos a detecção de vazamento pode ser de água ou gás, nos trabalhamos com os dois sistemas, acima de tudo o caça vazamento é um trabalho que requer muita atenção portanto o local tem que ser com o mínimo de barulho possível como resultado,. Empresa de Limpeza de Fossa em Guarulhos Empresa de Limpeza de Fossa em Guarulhos Limpeza de Fossa em Guarulhos Realizamos Acima de tudo, o +Esgotamento de fossa+Guarulhos /Limpeza de Fossa Séptica+Guarulhos / Limpa fossa+Guarulhos – o esgotamento de fossa é a mesma coisa que a limpeza, é realizado com caminhão de sucção para sugar todo os detritos despejados na fossa, assim que retiramos todo o esgoto doméstico ou industrial o mesmo é encaminhado para estação de tratamento.; Sempre estamos em primeiro lugar, a melhor opção é a +Desentupimento de Tanques, o tanque é onde tem que ter a maior capacidade de vazão da água, portanto o ideal é ter um ralo com uma boa vazão, a
cima de tudo porque o tanque é onde geralmente fica a maquina de lavar roupas. Desta forma, o trabalho de +Desentupidora 24 horas+Guarulhos, nosso padrão de atendimento 24 horas é para serviços de extrema urgência por exemplo: em Hospitais, Hotéis, Restaurantes, Casa noturna, certamente o desentupimento 24 horas em São Paulo e como resultado, para novos clientes e depois disso não envolve garantia. Maquinas especiais para Conduítes+Guarulhos quando um conduíte encontra-se entupido é maior dor de cabeça, portanto ao realizar uma obra, deixe sempre o sistema de conduítes para cabeamento de internet, energia entre outros bem protegidos. no entanto .O desentupimento de conduíte é realizado com um equipamento especial. Sistema rooto motor, em outras palavras, Da mesma forma, Laudo Técnico+ Guarulhos nosso laudo técnico é assinado por um engenheiro civil após a analise e acompanhamento do serviço e depois disso tudo resolvido. Atendimento Desentupidora 24 horas Prestamos atendimento serviços de, por exemplo: aeroporto Azul+ Água chata+ Aracília+ Bananal+ Bela Vista+ Bom clima+ Bomsucesso+ Cabuçu+ Cabuçu de Cima Capelinha Cecap+ Atuações e locais, Por exemplo: Centro+ Cocaia+ Cumbica+ Gopoúva+ Invernada+ Itaim+ Itapegica+ Fortaleza+ Galvão+ Lavras+ Macedo+ Mato das cobras+ Monte Carmelo Morros+Guarulhos; Paraventi+ Continental+ Flamengo+ Renato Maia+ Picanço Pimentas+ Ponte Grande+ Porto da Igreja+ Presidente Dutra+ Sado Kim+ São João+ Roque+ Taboão+ Tanque Grande+ Torres Tibagy+ Tranqüilidade+ Várzea do Palácio+ nossa Vila Augusta+ Barros Galvão+ Florida+ Rio de Janeiro+ Bosque Maia+ Melhores preços e agilidade para serviços desentupir e regiões vizinhas. Em 1991 a desentupidora SP, resolveu abrir uma base no centro de Guarulhos – São Paulo para atender chamados dessa região de urgência, emergência, e preventivo. Resumindo, temos orgulho de ser uma das melhores desentupidora de esgoto Guarulhos. Adotamos primeiramente, o procedimento desentupimento em Guarulhos no Belenzinho, Mauá, São Caetano, Zona Leste, Zona Sul, Itapevi, Zona Central é realizado em toda a região em qualquer tipo de tubulação, Mas, por outro lado, depois disso só ligar. Nossa base Mas, por outro lado, de desentupimento em Guarulhos – Localização Bairro: Centro. Por exemplo: Em relação aos clientes Acima de tudo, os Locais que atendemos Desentupidora em Guarulhos. Por exemplo: • Residências • Condôminos Serviço Desentupidora Serviço DESENTUPIDORA EM GUARULHOS • Muito importante, além disso, Serviço de Desentupidora em Guarulhos Residências: Os problemas mais comuns são as tubulações de esgoto resumindo, que são muito antiga algumas são feitas com tubulações de barro e não tem o padrão de qualidade adequado essas mais antigas tem a tubulação muito estreita onde qualquer objeto pode causar um grande problema, para desentupidora de esgoto Guarulhos. Também pode ser que ao passar dos anos a chuva e vento constante pode levar pequenos objetos, folhas, galhos aos ralos que pode vir a causar entupimento. Quando isso ocorre tentamos de todas as formas resumindo com nossos equipamentos e conhecimento técnico para fazer a desobstrução do canal para não ter a necessidade de quebra de piso ou paredes. Acontece, além disso, executar nossos serviços de desentupir GeoLocalização em Guarulhos deixa algumas dicas para a prevenção de alguns possíveis entupimentos em residências, para serviço desentupidora de esgoto Guarulhos. • Antes e Posteriormente, o Serviço de Desentupidora em Guarulhos em Prédios / Condomínios: Prédio/condomínio principais ocorrências certamente, é o entupimento de colunas porque toda tubulação de um prédio passa por colunas nas paredes. Tipo de serviço passamos a sonda para averiguar o ponto para desentupir a coluna obstruída para assim saber qual o procedimento a ser adotado resumindo. Procedimento descartamos de cara se algum objeto ou sujeira na curva da coluna está impedindo a vazão normal da água. Se for detectado algum objeto/sujeira fazemos a raspagem e limpeza dos ramais, resumindo assim removendo toda sujeira acumulada durante anos e toda gordura, para que a água corra livre nas colunas. Se passarmos a sonda e o problema não for detectado nos ramais ai temos que examinar as caixas de gordura, vaso sanitário, pias, ralos porque o entupimento pode ser causado por alguns desses sistemas de passagem de água. Maneira e Características do entupimento de colunas: Fique sempre atento, pois quando é feita uma prevenção, os danos são muito menores, porque se estiver fácil fazemos uma limpeza na tubulação com equipamentos e produtos adequados que só a Desentupidora tem, para que não ocorra um entupimento total da tubulação até o ponto de cruzamento. Padrão de atendimento primeiramente é sempre a forma mais barata para o cliente fazemos de tudo para evitar a quebra de paredes e piso com equipamento de alta precisão atingimos na maioria das vezes o resultado acima do esperado em conclusão, de qualidade. • Hp e Sp são Nossas empresas atuante com Serviços de Desentupidoras em Comércio: Diversos segmentos primeiramente, mais os do ramo alimentício geralmente tem uma prioridade Da mesma forma. Geralmente o entupimento é no vaso sanitário, pois pessoas que utilizamos serviço acabam se descuidando no entanto e deixando cair algum objeto resumindo ou sujeira isso causa o entupimento da tubulação do banheiro causando um mau cheiro e um desconforto total aos próximos usuários. Forma acima de tudo, mais rápida de agirmos nesse caso é com sonda e mangueira de alta pressão a precisão é imediata mas, só não resolve se a caixa de esgoto estiver entupida também mais o procedimento é quase o mesmo, abrimos a caixa de esgoto e passamos a sonda para mapear a quantidade de metros a para executarmos o trabalho de desentupimento de fossa e desentupimento de Privada em conclusão, para finalizar. Cidades da Grande São Paulo que a Desentupidora Eminente atende: Alphaville Sorocaba Juquitiba Guaçú Itapecerica da Serra Cotia Provavelmente temos, Mas, por outro lado, certamente, a melhor empresa desentupimento de Ralo Guarulhos como Por exemplo: Vargem Grande Paulista Embu Taboão da Serra Grande São Paulo Itapevi Barueri Santana do Parnaíba Cajamar Franco da Rocha Caieiras Francisco Morato Mairiporã Santa Isabel Arujá Atibaia Itaquaquecetuba Seja ele bom Mas, certamente, por outro lado, a melhor empresa desentupidora Guarulhos Por exemplo: Guararema Poá Ferraz de Vasconcelos Mogi das Cruzes Suzano Biritiba Mirim Salesópolis Caetano do Sul Mauá São Bernardo do Campo André Diadema Ribeirão Pires Jandira Campinas Carapicuíba Jundiaí Habilidade Mas, por outro lado, resumindo que o serviço desentupidora de esgoto Guarulhos Atendemos também: Norte , Zona Sul, Zona Oeste , Zona Leste , Centro – Equipamentos Conheça nossos serviços. Peça agora um técnico. Prontos para ajudar Mas, certamente por outro lado, para ser essa a melhor empresa desentupidora Guarulhos, resumindo. Por exemplo: Suzano, | na vila olímpia | vila maria, | Caieiras | Santo André | Osasco | São Bernardo | Pirituba | Bom Retiro | Campinas | penha | itaim bibi | zona sul | Santana | limpeza de Fossa em SP Casa verde | Tatuapé | zona leste | zona oeste | zona norte | SP | Hp | Eminente. Em conclusão, acima de tudo sempre somos transparentes com nossos clientes certamente. Empresa desentupidora Guarulhos
A mais foi fundada com o intuito de levar uma experiência positiva no serviço de desentupidora em Guarulhos, com isso viu a necessidade de criar uma empresa séria e honesta nesse ramo, então ele fez estudos e pesquisas a fim de verificar a necessidade de seus clientes, e com isso fundou a mais Desentupidora, uma empresa diferenciada pela sua transparência e honestidade em todos os serviços, técnicos treinados para levar o melhor resultado com o menor custo possível, fazendo com que fidelizamos cada vez mais clientes e crescemos no ramo de desentupidora em Guarulhos. Pois, o lema de nossa empresa hoje é fa
zer a diferença no mercado sempre com preço de desentupimento justo. A mais é uma empresa especializada Desentupidora em Guarulhos que proporciona excelência, praticidade sendo assim economia aos clientes, oferecendo qualidade e solução para casa ou empresa. primeiramente entre em contato e obtenha orçamento rápido e grátis. Então se você procura solução rápida e barata em desentupimento, conheça a Desentupidora mais, Desentupidora em Guarulhos que ocupa posição de destaque no ramo, oferecendo sempre um serviço limpo, rápido e definitivo. Portanto temos equipes técnicas com contante treinamento e qualificada, pronta para atender todas as suas necessidades. Sendo mal cheiro ou problema de entupimento, a mais que atua como Desentupidora em Guarulhos certamente providenciara de imediato um técnico especializado para visitar seu imóvel, residencial ou comercial. Contratar a mais Desentupidora em Guarulhos Em primeiro lugar a certeza de economizar o seu dinheiro Bem como Atendimento técnico 24 Horas por dia Porque a Visita e orçamentos são gratuitos Sendo assim Orçamentos justos e acessíveis em nossos os serviços Afinal desentupimos sem quebras desnecessárias Desse modo a mais Desentupidora Em Guarulhos Atende Todos Os bairros Com Serviços de: Desentupimento De Esgoto Desentupimento De Ralo Desentupidora De Pia Desentupimento De Tanque Desentupimento De Vaso Sanitário Assim como Desentupidora De Plumada Bem como desentupimento De Água Pluvial Problemas Com Entupimento? Contratando a mais Desentupidora em Guarulhos certamente terá a tranquilidade de resolver seu entupimento de forma rápida e barata. No entanto não vale recorrer a mão de obra amadora que oferecem serviços de baixo profissionalismo deficiência técnica e nenhuma garantia. Afinal por isso investimos sempre em treinamento de nossos técnicos e equipamentos de ultima geração para melhor atender Tipos de Entupimentos Que Resolvemos Desentupidora de Colunas Efetuamos desentupimento das colunas a fim de remover a sujeira contida na tubulação, melhorando assim o fluxo de água. Então assim é uma solução eficiente que deve ser realizada em média duas vezes ao ano. Desentupidora De Caixas e redes de gordura A higienização das caixas de gordura devem ser feitas a cada três meses, ou de acordo com a necessidade do cliente. certamente se não realizada a limpeza vai ocorrer entupimento das canalizações. Desentupidora De Esgoto Sendo assim, é possível evitar o retorno da água pela pia da cozinha, ralo do banheiro e vaso sanitário. Ou seja desentupimento de esgotos garante a passagem da água de forma normal em épocas de chuva. Desentupidora De Tanque Trabalhamos no desentupimento do seu tanque, desse modo fazendo a limpeza de todo o encanamento e retirando toda a sujeira que esteja causando problemas durante os seus afazeres domésticos. Desentupidora De Águas pluviais Dessa forma o desentupimento de redes de águas pluviais possibilita uma melhor condução das águas provenientes das chuvas pelas tubulações. Desentupidora De Ralos e vasos sanitários Temos equipes treinadas bem como equipamentos modernos para efetuar o desentupimento de ralos e vasos sanitários, sendo assim removendo a sujeira com eficiência e qualidade. Desentupidora De Pias Contudo lentidão na saída de água da pia ou mau cheiro na cozinha podem ser sinais de entupimento. Por isso oferecemos soluções eficientes para garantir maior higiene ao seu dia a dia. Locais Que A mais Desentupidora Em Guarulhos Atua: Desentupidora De Escolas Desentupidora De Residencias Desentupimento De Apartamentos Desentupidora De Shopping Desentupidora De Comércios Desentupimento De Empressa Desentupidora De Industrias Desentupidora De Restaurantes Desentupimento De Supermercados Conclusão Confira nosso preço de desentupimento e veja como economizar o seu dinheiro, ou seja, não feche com a primeira que aparecer. Portanto faça um orçamento grátis agora com a nossa Desentupidora Em Guarulhos e veja a diferença. Filiais de Guarulhos: Cumbica – Parque CECAP – Picanço
,Desentupidora em Guarulhos 24 horas Serviço Desentupidora em Guarulhos, Nossa empresa tem Atendimento 24 Horas para desentupimento Esgoto,Vaso Sanitário, Banheiro, Ralo, Ralo de Quintal, Ralo, Ralo de Banheiro, Ralo de Box, Pia de Cozinha, Tanque, Caixa de Gordura, Limpeza de Fossa e Colunas de condomínio, em Guarulhos SP na Grande São Paulo. desentupimento 24 Horas em Guarulhos desentupimento 24 Horas em Guarulhos Empresa Desentupidora Em Guarulhos, Entupiu? A Melhor Empresa Desentupidora Em Guarulhos. Serviços de Desentupidora Em Guarulhos 24 horas, Cidade Guarulhos –SP. Nossos serviços de [Desentupimento Em Guarulhos ],desentupidora Pimentas ,Desentupidora B ,desentupidora Cumbica ,Desentupidora Taboão ,Desentupidora Centro Guarulhos, temos o melhor preço, atendimento imediato e orçamento Grátis para desentupir Em Guarulhos e regiões qualquer encanamento, portanto Somos a melhor empresa desentupidora. Executamos serviços de desentupimento Em Guarulhos , desentupidora de esgoto Em Guarulhos , desentupidora de ralo Em Guarulhos , desentupidora de vaso sanitário Em Guarulhos , desentupidora de caixa de esgoto Em Guarulhos , desentupidora de caixa de gordura Em Guarulhos , desentupidora de tanque Em Guarulhos , desentupidora de banheiro Em Guarulhos , Desentupidora de ralo Em Guarulhos , desentupidora de cano Em Guarulhos , [encanador Em Guarulhos ] e de qualquer tubulação que precisar desentupir. Veja abaixo localização da base de desentupidora Em Guarulhos : Guarulhos – SP- Brasil. Consequentemente temos também serviços de qualidade. [desentupimento Em Guarulhos ], desentupimento de esgoto Em Guarulhos , desentupimento de ralo Em Guarulhos , desentupimento de vaso sanitário Em Guarulhos , desentupimento de caixa de esgoto Em Guarulhos , desentupimento de caixa Em Guarulhos , desentupimento de tanque Em Guarulhos , desentupimento de banheiro Em Guarulhos , Desentupimento de ralo de quintal Em Guarulhos , desentupimento de cano Em Guarulhos ,hidrojateamento Em Guarulhos , limpeza de fossa Em Guarulhos , Caça vazamento Em Guarulhos , dedetização Em Guarulhos , descupinização Em Guarulhos , limpeza de caixa de água Em Guarulhos , impermeabilização Em Guarulhos . Veja Alguns de nossos serviços de desentupidora : Desentupidora de Esgoto Desentupidora de Esgoto Desentupidora de Esgoto É extremamente desagradável quando ocorre um entupimento de uma tubulação de águas servidas, acima de tudo de todo o caos estabelecido em toso e qualquer outro entupimento a desobstrução de esgoto conta com o contato direto com fezes e consequentemente a inalação de gases provenientes, como resultado para a prevenção de infecções durante a prestação de serviço a equipe técnica faz utilização de máscaras N95 afim de garantir sua integridade física, assim também como o isolamento da área durante a execução do Serviço desentupimento de esgoto. Desentupidora de Vaso Sanitário Desentupidora de Vaso Sanitário Desentupidora de Vaso Sanitário Em primeiro lugar o serviço desentupimento de vaso sanitário em Guarulhos consiste na desobstrução do vaso propriamente dito e/ou desobstrução do ramal de descarga ou até mesmo da coluna coletora, tudo depende do local em que se encontra a obstrução, ou seja essa prestação de serviço deve ser feita por um profissional técnico especializada afim de garantir a preservação da tubulação e do sistema hidrossanitário. Portanto não é recomendado que pessoas leigas manuseiem a tubulação. Desentupidora de Ralo serviço desentupidora Desentupidora de Ralo Acima de qualquer outro entupimento é o serviço desentupimento de ralo deve ser realizado o mais rápido possível, pois a obstrução de um ralo coletor pode levar a alagamento decorrente de chuvas , além disso a manutenção periódica das tubulações de ralos é necessária, pois caso haja refluxo de fluído pluviais junto a esse fluído retorna também bactérias e vírus para dentro das residências e/ ou estabelecimentos. Pos
teriormente a esse refluxo causar contaminações aos habitantes do lugar acometido. Desentupidora de Pia empresa desentupidora Desentupidora de Pia O serviço de desentupimento de pia certamente é um dos mais urgentes, pois quando ocorre um entupimento em uma pia se estabelece um caos na cozinha, consequentemente deixando as donas de casa desesperadas para realização do serviço, como resultado para sanar o desespero das donas de casa garantimos que a base mais próxima chegue a residência no prazo máximo de 40 minutos. Veja outros serviços de desentupidora 24 horas : Tanque em SP de Caixa de Gordura em SP Cano em SP Ralo de Quintal em SP Caixa de Esgoto em SP Outros serviços que realizamos entre em contato e peça agora um técnico, para serviço desentupimento 24 horas e outras regiões: Santo André , Carrão , Brás, Belenzinho e Tatuape. Hidrojatemento /Limpeza de Fossa / Caça Vazamento/ Dedetização Alguns de nossos parceiros nas regiões para atender ainda mais rápido a desentupidora Em Guarulhos : Hidro Prime, Desentupidora São Paulo, desentupidora na Penha,Desentupidora no Tatuapé, desentupidora na Mooca,Desentupidora em Moema,Desentupidora em Suzano,Desentupidora Santana ,Desentupidora Tucuruvi,desentupidora Campitec. Desentupidora no Itaim bibi. Mauá, Desentupidora na vila Olímpia, Desentupidora em Pinheiros,Desentupidora em Pirituba,Desentupidora em Caieira, Suzano, São Caetano. Empresa Desentupimento 24 horas em Guarulhos desentupidora 24 Horas Desentupidora 24 Horas Bairros que Atendemos com serviço da empresa desentupimento 24 horas: Pimentas Jardim Bonsucesso Cumbica Taboão São Judas Jardim Presidente Dutra Barros Bosque Maia Desentupidora Goupoúva Invernada Itaim Itapegica Jardim Fortaleza Vila Galvão Lavras Macedo Mato das Cobras Monte Carmelo Morro Grande Paraventi Veja nosso Vídeo no Canal do Youtube de desentupimento 24 Horas: Bairros de Guarulhos que Atendemos com Empresa Desentupidora 24 horas: Desentupidora Morros Parque Continental Flamengo Renato Maia Picanço Cabuçu Vila Rio Bananal Vila Augusta Bela Vista Ponte Grande Centro Guarulhos Como agir em caso de entupimento Em Guarulhos . Consequentemente, em caso de entupimento Em Guarulhos você deve agir conforme as instruções a seguir para que o desentupimento ocorra de forma correta, é primordial não despejar nenhum produto químico na tubulação de esgoto da mesma forma em pluvial. Enquanto isso, terá que limpar a tubulação pois poderá corroer a parte interna dos canos causando assim um problema ainda maior, não usar hastes de ferro, pois nas curvas dos encanamentos geralmente tem rosca ou cola se você forçar pode deslocar causando um vazamento interno. Ou seja, recomendamos certamente, sempre chamar uma empresa que presta serviço desentupidora Em Guarulhos mais próxima de você para desentupir ralo, desentupir esgoto, desentupir pia, desentupir vaso sanitário, desentupir ralo de quintal, desentupir Box de banheiro, desentupir caixa de gordura, e assim sanar esse problema. Portanto estamos sempre pronto para atender qualquer chamado de desentupidora Em Guarulhos –Guarulhos – SP. Qual o preço para desentupidora Guarulhos? Em primeiro lugar, enviamos uma equipe técnica em desentupimento Guarulhos , para avaliar a dimensão do entupimento e passar um orçamento com transparência e honestidade. Cada caso é um trabalho diferente não sabemos que iremos encontrar, portanto enviaremos nossos profissionais em desentupimento mais importante, para iniciar a investigação e passar o preço para desentupir. Portanto caso seja aprovado iremos realizar o desentupimento de pia, desentupimento de esgoto, desentupimento de ralo de quintal, desentupimento de tanque, desentupimento de vaso sanitário, desentupimento de caixa de gordura. Da mesma forma, para serviço desentupimento de caixa de esgoto, desentupimento de canos em geral. Estamos sempre pronto para atender qualquer chamado de desentupidora Guarulhos . Como realizamos o desentupimento Em Guarulhos: Alem disso, atuamos com profissionais treinados e qualificados em desentupimento acima de tudo, só temos uma certeza a que vamos realizar o trabalho, pois possuímos as mais modernas maquinas que existe no ramo das desentupidoras em São Paulo e no Brasil. Alem disso, estamos sempre pronto para atender qualquer chamado de serviço desentupidora. Em Conclusão: Como efetuar Pagamentos acima de tudo é necessário para efetuar o serviço desentupidora 24 Horas : Para esclarecer, os pagamentos podem serem efetuados através de: Cartão Crédito e Débito / A vista / Cheque Sob Consulta / Boleto Sob Consulta para pessoa jurídica, ou seja, para serviço desentupidora.

Está gostando de nossos artigos, compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
  •  Rua Glauco Velasques, 285, Casa Verde
  •  (11) 2822-9612
  •  (11) 2836-6065
  •  (11) 98776-7059
  •  (11) 9 9739-5404
  •  Rua H, 38, Parque Vera CRUZ
  •  (12) 3674-3511
  •  (12) 99149-0615
  •  (11)98776-7059

Projetos realizados

%d blogueiros gostam disto: