Whatsapp

(11) 9 9739-5404

Ligue para nós

(11) 2822-9612

Ligue para nós

(11) 2836-6065

Whatsapp

(11) 9 9739-5404

Ligue para nós

(11) 2822-9612

Desentupidora No LARGO DA MATRIZ 98776-7059 / 99739-5404

Desentupidora No LARGO DA MATRIZ 98776-7059 / 99739-5404

Desentupidoras na Zona Norte Desentupidora Chácara Domilice Desentupidora Chácara N.Sra. Aparecida Desentupidora Freguesia do Ó Desentupidora Itaberaba Desentupidora Jardim Adélia Desentupidora Jardim Bela Vista Desentupidora Jardim Cachoeira Desentupidora Jardim Mariliza Desentupidora Jardim Maristela Desentupidora Jardim Monjolo Desentupidora Jardim Monte Alegre Desentupidora Jardim São Silvestre Desentupidora Nossa Senhora do Ó Desentupidora Parque Itaberaba Desentupidora Parque Mandi Desentupidora Parque Monteiro Soares Desentupidora Parque Morro Grande Desentupidora Parque São Luís Desentupidora Sítio Morro Grande Desentupidora Vila Acre Desentupidora Vila Arcádia Desentupidora Vila Bancária Munhoz Desentupidora Vila Cardoso Desentupidora Vila Cavaton Desentupidora Vila Cruz das Almas Desentupidora Vila Elisabete Desentupidora Vila Hebe Desentupidora Vila Hermínia Desentupidora Vila Iório Desentupidora Vila Júlio César Desentupidora Vila Liberlândia Desentupidora Vila Lório Desentupidora Vila Marina Desentupidora Vila Miriam Desentupidora Vila Moinho Velho Desentupidora Vila Morro Grande Desentupidora Vila Palmeira Desentupidora Vila Parque São Luís Desentupidora Vila Picinin Desentupidora Vila Português Desentupidora Vila Primavera Desentupidora Vila Progresso Desentupidora Vila Santa Delfina Desentupidora Vila São Vicente Desentupidora Vila Siqueira Desentupidora Vila Timóteo Desentupidora Vila União Desentupidora Vila Yara ALAGAMENTOS NA FREGUESIA DO Ó As chuvas do dia 10/02 causaram transbordamento do rio Tietê e alagamento da marginal Tietê na altura da Ponte da Freguesia do Ó, afetando a locomoção na região. Alagamento na Freguesia do Ó Alagamento próximo da Ponte Freguesia do Ó Se a sua empresa ou condomínio foi afetado pela enchente e você esta cotando um caminhão auto vácuo para esgotamento e hidro jato de alta pressão para limpeza consulte os nossos preços. Temos o menor preço e disponibilidade na zona norte de São Paulo. Reserve já o seu equipamento. Evite contato com esgoto doméstico. Chame ajuda especializada. Visita grátis na Freguesia do Ó e orçamento sem compromisso para serviços de desentupimento ou vazamento em rede de esgoto. PARCERIAS Desentupidora Freguesia do Ó Limpa Fossa Freguesia do Ó Desentupidora com menor preço 02/07/21 Desentupidora Banheiro Freguesia do Ó Desentupidora Cozinha Freguesia do Ó Desentupidora de Ralo de Banheiro Freguesia do Ó Desentupidora de Ralo de Box Freguesia do Ó Desentupidora Freguesia do Ó Desentupidora Freguesia do Ó 24 Horas Desentupidora na Freguesia do Ó Desentupidora no Bairro Freguesia do Ó Desentupidora Orçamento Grátis Freguesia do Ó Desentupidora Pia Freguesia do Ó Desentupidora Poço de Recalque Freguesia do Ó Desentupidora Privada Freguesia do Ó Desentupidora Ralo de Chuveiro Freguesia do Ó Desentupidora Ralo Freguesia do Ó Desentupidora Rede Água Pluvial Freguesia do Ó Desentupidora Rede de Esgoto Freguesia do Ó Desentupidora Tanque Freguesia do Ó Desentupidora Vaso Sanitário Freguesia do Ó Desentupidora Vídeo Inspeção Freguesia do Ó Desentupimento Caminhão Freguesia do Ó Desentupimento com Hidro Jato Freguesia do Ó Desentupimento Condomínio Freguesia do Ó Desentupimento de Banheiro Freguesia do Ó Desentupimento de Cano na Freguesia do Ó Desentupimento de Vaso Sanitário Freguesia do Ó Desentupimento Empresa Freguesia do Ó Desentupimento na Freguesia do Ó Desentupimento Pia de Cozinha na Freguesia do Ó Desentupimento Ralo Quintal Freguesia do Ó Desentupimento Residência Freguesia do Ó Desentupimento Visita Grátis Freguesia do Ó Encanador na Freguesia do Ó Freguesia do Ó Desentupidora Freguesia do Ó Desentupimento Freguesia do Ó Limpa Fossa Limpa Fossa Freguesia do Ó Limpeza Caixa de Gordura Freguesia do Ó Limpeza de Fossa Freguesia do Ó Melhor Preço Desentupidora Freguesia do Ó Todas Desentupidoras na Freguesia do Ó Peça agora um orçamento Nome E-mail Telefone Serviço Descrição Palavras Mais Buscadas: Limpa Fossa na Zona Sul | ABCD | Água Pluvial | Alphaville | Aluguel de Caminhão | Artigos | Atibaia | Banheiro Locação | Barueri | Base Móvel | Bertioga | Biritiba Mirim | Bragança Paulista | Cabreúva | Caça Vazamento Zona Sul | Caieiras | Caixa de Gordura | Cajamar | Campinas | Campo Limpo Paulista | Carapicuiba | Centro | Cotia | Cubatão | Dedetizadora Zona Sul | Desentupidora na Zona Leste | Desentupidora na Zona Norte | Desentupidora na Zona Oeste | Desentupidora na Zona Sul | Desentupidora no Centro | Desentupidora Posto de Gasolina | Desentupimento | Desentupimento de Calhas | DESENTUPIMENTO DE ESGOTO | DESENTUPIMENTO DE RALO | DESENTUPIMENTO DE VASO SANITÁRIO | Desentupimento em São Paulo | Desentupimento em SP | Desentupimento na Zona Leste | Desentupimento na Zona Norte | Desentupimento na Zona Oeste | Desentupimento na Zona Sul | Desentupimento no Centro | Diadema | Dicas | Doenças transmitidas pela água | Embu das Artes | Embu-Guaçu | Emergência | Equipamentos | Esgotamento | Eventos | Ferraz de Vasconcelos | Francisco Morato | Granja Vianna | Guarujá | Guarulhos | Hidrojateamento | Histórico de Notícias e Dicas | Hortolândia | Indaiatuba | Itanhaém | Itapecerica da Serra | Itapevi | Itaquaquecetuba | Itatiba | Itú | Itupeva | Jacareí | Jandira | Jarinu | Jundiai | Juquitiba | Leste | Limpa Fossa | Limpa Fossa Estradas | Limpa Fossa na Grande São Paulo | Limpa Fossa na Zona Leste | Limpa Fossa na Zona Norte | Limpa Fossa na Zona Oeste | Limpa Fossa no Centro | Limpa Fossa Zona Leste | Limpa Fossa Zona Sul | Limpadora de Caixa de Água | Limpeza de caixa de gordura | Limpeza de Caixa de Gordura na Zona Oeste | Limpeza de Caixa de Gordura no Centro | Limpeza de Fossa | Limpeza de fossa na Zona Sul | Limpezas | Louveira | Mairiporã | Mauá | Menor Preço | Mogi | Mogi das Cruzes | Mongaguá | Mulher | Nazaré Paulista | Obras | Osasco | Peruibe | Pirapora do Bom Jesus | Poá | Poço de Inspeção | Poço de Recalque | Poço de Visita | Praia Grande | Ribeirão Pires | Rio Grande da Serra | Sanitização | Sanitização Zona Oeste | Sanitização Zona Sul | Santa Isabel | Santana do Parnaíba | Santo André | Santos | São Bernardo do Campo | São Caetano do Sul | São José dos Campos | São Lourenço da Serra | São Vicente | Sul | Suzano | Taboão da Serra | Valinhos | Vargem Grande Paulista | Várzea Paulista | Video Inspeção | Vinhedo | Zona Oeste | Zona Sul 1 | Zona Sul 2 Desentupidora em Clubes Desentupidora em Condomínios Desentupidora em Residências Desentupidora em Comércios Desentupidora em Hospitais Desentupidora em Indústrias Desentupidora em Escolas Desentupidora Desentupidora de Redes de Esgoto Desentupidora de Cano Desentupidora de Tanque Desentupidora de Vaso Desentupidora de Pia Desentupidora de Colunas Desentupidora de Águas Pluviais Dedetizadora Dedetização de Pragas Dedetizadora de Cupim Dedetizadora de Percevejo Dedetizadora de Escorpião Dedetizadora de Mosquito Dedetizadora de Moscas Dedetizadora de Formigas Dedetizadora de Baratas Desratização Bairros Mais Pesquisados Desentupidora no Capão Redondo Search Desentupidora no Parque São Jorge Desentupidora na Zona Sul Desentupidora no Jardim Aeroporto Desentupidora Jardim Ângela Desentupidora na Brasilândia Desentupidora em Hospitais Desentupidora na Zona Leste Desentupidora no Belenzinho Desentupidora no Bairro do Limão Desentupidora em Clubes Desentupidora no Largo 13 de Maio Desentupidora Vila Mascote Desentupidora em Parelheiros Desentupidora na Praça da Árvore Desentupidora na Zona Oeste Desentupidora em Pinheiros Desentupidora na Zona Norte Desentupidora no Jardim Peri Desentupidora em Interlagos Desentupidora na Cachoeirinha Dedetizadora por Segmento Desentupidora no Brás Desentupidora em Santana Desentupidora em Moema Desentupidora no Jardim Anália Franco Desentupidora na Vila das Mercês Desentupidora no Ipiranga Desentupidora em SumaréA Freguesia do Ó é um bairro d
a cidade de São Paulo, de classe média e média-alta, pertencente ao distrito da Freguesia do Ó. A história do bairro e do distrito de mesmo nome confundem-se. Entre os bairros setentrionais de além-Tietê, a Freguesia do Ó destaca-se por ser um dos mais antigos. Suas origens remontam a diversas propriedades rurais paulistanas. Índice 1 Etimologia 2 História 2.1 Largo da Matriz Velha 2.2 Novo Largo da Matriz 3 Cultura e Lazer 3.1 Turismo 4 Atualidade 4.1 Fotografias 5 Ver também 6 Referências 6.1 Bibliografia 7 Ligações externas Etimologia Igreja de Nossa Senhora do Ó. A denominação de “Freguesia” foi dada ao bairro a partir de um decreto da rainha de Portugal, Dona Maria I, em 15 de setembro de 1796, quando a Vila de São Paulo contava com apenas uma Freguesia – a da Sé. No regime do “Padroado”, ao dividir a Freguesia da Sé em três partes, ficou assim constituída a Vila do São Paulo: Freguesia da Sé, Freguesia da Penha e Freguesia de Nossa Senhora do Ó. Nossa Senhora da Expectação era a santa de devoção do Bandeirante Manuel Preto. O invocativo Ó faz parte de sete antífonas cantadas durante a novena que é realizada todos os anos, durante os dias 17 e 24 de dezembro, como preparação para o Natal. Nossa Senhora da Expectação é o título dado a Maria que está na expectativa da chegada do Menino Jesus. A Igreja diz no vocativo: Ó Sabedoria… Ó Adonai… Ó raiz de Jessé… Ó Chave de Davi… Ó Sol nascente… Ó Rei das Nações… Ó Emanuel…! O mesmo invocativo tornou-se inspiração para a canção “Punk da Periferia”, de Gilberto Gil. A honraria foi a única que se manteve no nome oficial dentre os bairros paulistanos, e que foi concedida como uma forma de divisão do Episcopado, facilitando assim a vida dos fiéis moradores de bairros longínquos, que não mais precisariam se deslocar por horas para receberem amparo religioso. Os demais bairros, como o Brás, Penha e Santo Amaro, aos poucos deixaram de usá-lo nos nomes, e a Freguesia de Nossa Senhora do Ó passou a ser chamada simplesmente de “Freguesia do Ó”. História Um dos casarões do Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó. A fachada é tombado pelo Patrimônio Histórico e abriga um famoso bar da cidade de São Paulo. O primeiro registro de ocupação das terras do bairro remonta ao bandeirante Manuel Preto na década de 1580, que teria tomado posse do lugar com sua família e índios escravos. Seu primeiro nome Citeo do Jaragoá e suas terras incluíam o Pico do Jaraguá (onde se acreditava haver ouro), além das terras correspondentes aos atuais bairros de Pirituba, Jaraguá e Limão. Em 1610, Manuel Preto solicitou à sede da paróquia da Vila de São Paulo autorização para erguer uma capela em honra de Nossa Senhora do Ó, que deu nome ao lugar. Manoel e sua esposa, Águeda Rodrigues, após obterem despacho favorável, em 29 de Setembro de 1615, ao requerimento de provisão que fizeram, pelo motivo de não poderem cumprir suas obrigações religiosas na vila, juntamente com sua gente, iniciaram a construção da capela dedicada à virgem sob a denominação de Nossa Senhora da Esperança ou da Expectação.[1] Um século e meio depois, em 1796, foi inaugurada a nova igreja dedicada à Virgem do Ó, construída onde hoje se situa o “Largo da Matriz Velha”, e se tornou Paróquia pelo alvará de constituição de 15 de Setembro de 1796, concedido pela Rainha de Portugal.[2] A cultura da cana-de-açúcar foi muito praticada na região, principalmente para a produção de aguardente. Outras culturas de subsistência foram também praticadas, como café, mandioca, algodão, milho e legumes. Durante muitos anos, o bairro foi considerado como pertencente ao chamado “Cinturão Verde” da Capital Paulista. O bairro manteve preservadas muitas de suas construções tradicionais. Fatores que contribuíram para isso foram: o relativo afastamento do centro, a topografia íngreme, ruas estreitas e sinuosas e a barreira natural do Rio Tietê. Um exemplo da antiga dificuldade de locomoção envolvendo o bairro é o dos voluntários da pátria que, marchando em direção ao Paraguai, deixaram o centro da cidade em torno das sete horas da manhã e atingiram o Largo da Matriz apenas no final da tarde, por volta das 18 horas.[carece de fontes] Largo da Matriz Velha Casarão do largo da Matriz Velha. O local tem este nome por ter sido o largo que até o final do século XIX abrigava a Igreja Matriz, inaugurada em 1796. Em 22 de novembro de 1896, um incêndio acidentalmente provocado pelo sacristão, que tentava queimar um vespeiro instalado numa das torres, destruiu a igreja. Considerava-se a reconstrução no mesmo local, mas entendo a necessidade de uma igreja de maior dimensão, para abrigar a população local com maior conforto, decidiu se pelo local onde hoje encontra-se a atual Igreja Matriz. No ano de 2009, a Escola Estadual Padre Manoel da Nóbrega, que ali se localizava, foi transferida para um novo endereço próximo. Por não ter mais atrativos, o local cada vez mais foi se tornando degradado, sendo que, segundo relatos de moradores locais, garotas de programa frequentavam o local, juntamente com o aumento dos roubos e furtos de carros e de casas vizinhas. Para reverter este estado, e ganhar um espaço para convívio social, um grupo de aposentados e moradores locais, intitulado de “Sociedade Amigos da Matriz Velha”, juntamente com a subprefeitura, conseguiram fundos – primeiramente para a construção de uma pista de malha – onde os moradores providenciaram os discos e demais equipamentos para a prática do jogo. Posteriormente, a subprefeitura construiu mesas e cadeiras cimentadas bem como numa nova pista de malha e outra para bocha. Com esta iniciativa, o local tem registrado cada menos menos furtos e roubos, especialmente nos períodos da manhã e tarde, quando este grupo está presente no local, tornando se assim, uma praça onde pais e filhos sentem-se seguros para sociabilizar e brincar. Novo Largo da Matriz Casarões que se localizam ao lado da Igreja Matriz, e que também abrigam restaurantes e bares especializados. Em janeiro de 1901, foi inaugurada a nova igreja Matriz, que foi construída em razão do incêndio que destruiu a antiga igreja, que localizava-se no Largo da Matriz Velha. No novo Largo da Matriz é onde encontramos mais facilmente edificações que remontam ao começo do século XIX, inclusive com alguns casarões tombados pelo Condephaat. Em 1947 sofre alterações, quando foram criadas ruas para circulação de carros. No Largo da Matriz Nova, temos vários bares e alguns restaurantes. Uma das mais antigas pizzarias da cidade se encontra neste local. Alguns bares são muito frequentados, apresentando um aspecto convidativo, com sua aparência antiga. Assim, criam uma referência de sociabilidade, renovando o uso deste casario: são quatro choperias que se instalaram em casarões antigos na parte baixa da Matriz Nova, onde quase todas têm música ao vivo e uma tem em seu cardápio pratos da cozinha alemã. Dentre eles, destaca-se o FrangÓ, não apenas por ser o mais velho de todos, mas há anos o local se tornou um ponto de encontro de universitários, jornalistas, empresários e pessoas famosas “de fora”, como o publicitário Washington Olivetto. Atualmente, principalmente à noite e aos finais de semana, também adolescentes, especialmente de outros bairros como Brasilândia, Vila Nova Cachoeirinha e Pirituba se concentram no local, convivendo com outros grupos sociais. Assim, o Largo da Matriz tornou-se um local de sociabilidade para moradores de bairros mais afastados. Cultura e Lazer O altar e o Padre Dalton Caram durante a Festa do Divino Espírito Santo, enfeitado com veludo vermelho, por ser a cor que representa o Espírito Santo. Na década de 1960, a população do bairro passava horas agradáveis no Cine Clipper, o único cinema da região, que deu origem ao nome do largo mais conhecido da parte comercial da Freguesia, o Largo do Clipper. O apelido da praça sobrevive até hoje, embora o cinema não exista mais, e muitos nem ao menos saibam o verdadeiro nome do Largo (Oliveira Viana), ou da antiga
existência deste cinema (especialmente os mais jovens), onde hoje está instalada uma agência do Banco do Brasil. Ocorre anualmente no bairro a Festa do Divino Espírito Santo, uma das mais tradicionais do calendário da Igreja Católica, e que faz da Freguesia do Ó uma das poucas localidades no Brasil onde ainda é celebrada. Os moradores antigos do bairro têm muitas relações com Pirapora do Bom Jesus, sendo tradicional a romaria anual à essa cidade. A Freguesia é considerado um dos bairros com melhor qualidade no fornecimento de água dentro da cidade de São Paulo. Contudo, ainda carece de mais áreas de lazer. Ela conta com alguns clubes de malha (CDM), onde jovens praticam esportes, como futebol e vôlei, e aposentados jogam malha e bocha, como o CDM Cruzeiro, que fica próximo à avenida Miguel Conejo. Conta também com um Grupo Escoteiro. O principal centro cultural do bairro é a Casa de Cultura Salvador Ligabue, localizada atrás da Igreja da Matriz. Em 1999, o bairro ganhou um cartão telefônico em homenagem ao seu 419º aniversário. O bairro abriga a tradicional escola de samba Rosas de Ouro, sete vezes campeã do carnaval paulistano. Turismo O Núcleo Original da Freguesia do Ó é um conjunto de endereços na cidade brasileira de São Paulo. Eles fazem parte do entorno dos largos do bairro: Largo da Matriz Nossa Senhora do Ó e Largo da Matriz Velha. Tais lugares são patrimônios históricos, culturais e ambientais da cidade de São Paulo devido ao valor histórico da paisagem urbana paulistana desde o século XIX e o “valor arquitetônico e ambiental de diversas edificações localizadas em torno dos dois largos”.[3] Além disso, foi o primeiro núcleo de povoamento à margem direita do rio Tietê, no século XVI, frente ao contexto bandeirantista.[4] Estes pontos turísticos da Freguesia do Ó foram reconhecidos pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo – CONPRESP, em dezembro de 1992, que definiu os endereços como bens culturais: Largo da Matriz Velha; Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó; Avenida Itaberaba, entre o Largo da Matriz Velha e a Rua Chico de Paulo; Rua Piqueri; Rua João Alves, entre o Largo da Matriz Velha e a Ladeira Velha; Ladeira Velha; Rua da Bica, entre a Rua Anastácio de Souza Pinto e a Avenida Itaberaba; Rua Coronel Tristão, entre a Rua da Bica e o Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó; Rua José de Siqueira, entre a Rua da Bica e o Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó; Rua Anástacio de Souza Pinto, entre a Rua da Bica e a Rua Jesuíno de Brito; Rua Antônio de Sousa Ferreira; Rua Jesuíno de Brito, entre a Rua Antonieta Leitão e o Largo da Matriz Velha; Avenida Paula Ferreira, entre a Rua Jesuíno de Brito e o Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, além da Igreja de Nossa Senhora do Ó.[3] Atualidade Em 2015, iniciou-se a construção da Estação Freguesia do Ó, parte da futura Linha 6-Laranja do Metrô. Atualmente, o bairro sofre um aumento do ataque especulativo de empresas construtoras. Um dos motivos se deve, justamente, à futura linha metroviária, mas também à presença de muitos terrenos descampados e casas velhas simples de baixo valor comercial, em comparação a outros bairros. Fotografias Vista lateral do Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó e da Igreja Um dos casarões do Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó. A fachada é tombado pelo Patrimônio Histórico e abriga um famoso bar da cidade de São Paulo Ladeira característica do local, palco da procissão na Sexta-Feira da Paixão. O altar e o Padre Dalton Caram durante a Festa do Divino Espírito Santo, enfeitado com veludo vermelho, por ser a cor que representa o Espírito Santo Ver também Freguesia do Ó Núcleo Original da Freguesia do Ó Nossa Senhora do Ó Paróquia Matriz Nossa Senhora da Expectação Referências Paróquia de Nossa Senhora do Ó Pesquisa em 03/01/16 Marcildo, Maria Luiza (1973). A Cidade de São Paulo: povoamento e população, 1750-1850. São Paulo: Pioneira Freguesia do Ó, Processo (1992). Processo de tombamento do patrimônio histórico: Núcleo Original da Freguesia do Ó n 16-003.096-91*77. [S.l.]: CONPRESP dos Santos, Alberto (2014). «DIMENSÕES DO PATRIMÔNIO CULTURAL: TOMBAMENTOS E TERRITORIALIDADES NO BAIRRO DA FREGUESIA DO Ó – SÃO PAULO (SP)» (PDF). UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS. Consultado em 1 de novembro de 2016 Bibliografia ALVIM, Murilo Lopes. Ó, a Freguesia. São Paulo: Trabalho de Conclusão de Curso de Bacharelado em Fotografia(SENAC), 2003. BARRO, Máximo. Nossa Senhora do Ó. São Paulo: Prefeitura do Município de São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura, 1977. BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994. BOSI, Ecléa. Memória e sociedade, lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz Editor. 1979. GOFF, Jacques Le. Memória – História. Lisboa: Imprensa Nacional, 1984. KOSSOY, Boris. Fotografia e história. São Paulo: Ática, 1989. LUISI, Emídio. Ue’ Paesà: 120 anos da imigração italiana no Brasil. São Paulo: Caixa Econômica Federal, 1997. MACEDO, Carmem Cinira. Tempo de gênesis: o povo das comunidades eclesiais de base. São Paulo: Brasiliense, 1986. MAGNANI, José G. e TORRES, Lílian Lucca de. Na metrópole. São Paulo: Edusp Fapesp, 1996. MARTINELLI, Pedro. Casas Paulistanas: pequenos tesouros da Mooca na transformação de São Paulo. São Paulo: 1° edição. 1998. MARTINS, José de Souza. Subúrbio: vida cotidiana e história no subúrbio da cidade de São Paulo: São Caetano, do fim do Império ao fim da República Velha. São Caetano do Sul: Hucitec, 1992. MASCARO, Cristiano. São Paulo. São Paulo: Editora Senac, 2000. MEDINA, Cremilda de Araújo (org). Ó freguesia, quantas histórias. São Paulo: ECA/USP, 2000. RIBEIRO, Suzana Barretto. Italianos do Brás, imagens e memória. São Paulo: Brasiliense, 1994. CAMARGO, Benedito. Matriz Velha da Freguesia do Ó. http://www.portaldoo.com.br/historia/foto/mvelha01.htm, 2006 Ligações externas Freguesia do Ó(São Paulo Turismo) 25 motivos para amar a Freguesia do Ó(Revista Veja SP) O que fazer na Freguesia do Ó(Estadão SP) [Esconder]vde SP – São Paulo – Zona Noroeste – Subprefeitura da Freguesia do Ó/Brasilândia Brasilândia BrasilândiaJardim Ana MariaJardim DamascenoJardim Elisa MariaJardim dos FrancosJardim GuaraniJardim ParanáJardim do TiroJardim Vista AlegreVila ItaberabaVila PenteadoVila Rica Freguesia do Ó Freguesia do ÓJardim São MarcosVila Arcádia Categorias: Bairros da Freguesia do ÓPatrimônio tombado pelo CONPRESP Esta página foi editada pela última vez às 03h48min de 1 de junho de 2021.

Está gostando de nossos artigos, compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
  •  Rua Glauco Velasques, 285, Casa Verde
  •  (11) 2822-9612
  •  (11) 2836-6065
  •  (11) 98776-7059
  •  (11) 9 9739-5404
  •  Rua H, 38, Parque Vera CRUZ
  •  (12) 3674-3511
  •  (12) 99149-0615
  •  (11)98776-7059

Projetos realizados

%d blogueiros gostam disto: